Super Hiper Mega Banner

#005-Elfen Lied

Esse post é dedicado ao Ken-san! :)
Eu gosto muito de animes, mas alguns são tão parecidos, que nem dá vontade de ver. Com Elfen Lied foi diferente porque me surpreendi. A série de tv, com 13 capítulos, tem um ritmo muito bom e não perde tempo enrolando. Vai direto ao ponto, embora apenas nos últimos capítulos que alguns mistérios são desvendados. É uma história que envolve desde destruição da humanidade até abuso sexual infantil!

Elfen Lied começa parecido com o filme "Força Sinistra", uma garota nua andando e matando todos, numa ilha que parece ser do exército. É uma carnificina que já prepara o expectador para o que vai acontecer mais pra frente. Sim, sangue, mutilações e terror. Mas não é apenas isso. Outro elemento muito presente na história é o drama. E é por esse motivo que Elfen Lied é tão especial. Por ser tão versátil.

Na mesma história temos o drama de uma menina de rua, sofrimento de antigas paixões platônicas, o pânico de desmembramentos cruéis e cenas de humor (negro ou não) entre uma cena ou outra! A animação é razoável e o traço é muito curioso. A primeira vista, as imagens que vemos são todas bonitas e fofinhas, contrastando com a violência gráfica e psicológica que sofrem os personagens! O roteiro tem suas falhas, é verdade, mas mesmo assim prende a atenção do início ao fim. A história é sobre uma garota (Lucy) que foge de uma ilha onde era mantida presa, deixando um rastro de sangue na sua fuga. Ela leva um tiro na cabeça, que faz com que ela caia no mar e seja encontrada e acolhida por um Kouta, universitário problemático e sua prima prestativa, Yuka. A primeira vista a sobrevivente é normal, mas Lucy possui um estranho detalhe: possui dois chifres! Além disso, não consegue mais falar e tem atitudes de uma criança sem memória. Enquanto isso, a equipe de cientistas tenta localizar a foragida e tem início uma busca perigosa, onde civis são envolvidos e um terrível projeto secreto é revelado. Contar mais só estragaria as surpresas. A série termina com um gancho absurdo, um final misterioso que indica que pode ser que seja lançada outra série, complementando melhor a trama e explicando os novos mistérios que surgem no último capítulo (!!!) Enfim, é um anime muito bom que eu recomendo. As vezes a história fica muito melancólica e até dramática demais (chega a ser engraçado de tão forçado) mas no geral é uma obra de um gênero indefinido, que vai de ficção científica, suspense, até uma comédia erótica!
Eu não poderei deixar de citar uma curiosidade. A abertura de Elfen Lied é uma das mais bonitas que eu já vi, com adaptações dos quadros do pintor austríaco Gustav Klimt (do conhecido quadro "O beijo") As imagens originais e as adaptações você pode ver (e já deve ter visto, eu espero!) entre esse texto.
A trilha sonora também é acima da média. Principalmente a música-tema, Lilium (Lírio). Uma canção lírica triste e bonita. Segundo o site Animeblade, o primeiro e o segundo verso da letra são, respectivamente, Salmos (36:30) e Tiago (1:12), retirados da Bíblia.
A seguir a letra da música em latim, na versão curta que passa na abertura:
Lillium

Os iusti meditabitur sapientiam,
Et lingua eius loquetur indicium.
Beatus vir qui suffert tentationem,
Quoniqm cum probates fuerit accipient coronam vitae.
Kyrie, ignis divine, eleison
O quam sancta, quam serena,
quam benigma, quam amoena
O castitatis lilium

Cotação do Dai: **** 1/2 Para finalizar uma última imagem, a do quadro "O beijo" e a versão de Elfen Lied! :)
Veja aqui a abertura do anime Elfen Lied, com a música Lilium:

Photobucket - Video and Image Hosting

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.