Super Hiper Mega Banner

#008-Vôo Noturno

Wes Craven era exemplo de ótimos filmes. É claro que seu nome ainda tem algum valor, mas os filmes recentes sempre deixam a desejar. Assisti "Vôo Noturno" sem esperar muito e fiquei relativamente surpreso!A história é interessante e o filme é ágil. Os créditos aparecem em poucos segundos e rapidamente a trama toda já está montada (tudo ao som de uma trilha sonora exagerada). A moça bonita, que me lembrou a Sandy (aquela mesma, irmã do Durval!), vai viajar e conhece um rapaz, que me lembrou um Clark Kent híbrido (de Smallville). Logo os dois fazem uma espécie de amizade e embarcam no mesmo avião.
E é aí que o suspense começa a tomar conta da aeronave, quando o rapaz se mostra uma criatura maligna que a chantageia a seguir suas ordens. Temendo a vida do pai (que pode ser morto), a jovem se encontra numa situação tensa que perdura durante a melhor parte do filme.
Depois "Vôo noturno" começa a cair de nível e o que é pior, não são máscaras de oxigênio que surgem do teto e sim clichês e situações que você já viu em dezenas de outros filmes. A mocinha se torna uma heroína invencível e poderosa! O filme fica ainda mais ágil, corre-corre, adrenalina, pega-pega, que emoção! Hehehehe! E logo acaba, com menos de uma hora e meia de duração.
Se eu gostei? Sim, me diverti bastante. Não tem nada de novo, não é um filme que me marcou e não é uma obra prima que eu recomendo. Mas se você procura uma diversão simples, que não exige muitos neurônios, assista! :) Cotação do Dai: ***1/2
Red Eye (EUA, 2005) Dirigido por: Wes Craven Com: Rachel McAdams, Cillian Murphy, Brian Cox, Jayma Mays, Laura Johnson, Max Kasch, Carl Gilliard, Loren Lester, Philip Pavel...
Clique aqui para ver o trailer do filme Vôo noturno:

Photobucket - Video and Image Hosting

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.