Super Hiper Mega Banner

#026-Ruas de fogo

Uma cantora de rock (Diane Lane _ que ficou muito mais bonita depois de madura) é sequestrada por um bando de motoqueiros criadores de confusão. Então os fãs ficam sem saber o que fazer e tudo parece perdido, se não fosse o ex-namorado da moça, que decide salvá-la (aparentemente incentivado pelos bol$o$ do produtor da moça, que precisava resgatá-la)

Auxiliado por uma mulher masculina, o galante ex-namorado parte em busca da donzela, junto com o persistente e cômico produtor (ninguém menos que Rick Moranis). A história é mais do que simples e o filme é recheado de música rock entre uma cena e outra. Os cenários são todos confusos, muitas pessoas e muita sujeira. O ritmo é ligeiro e podemos ver algumas boas cenas de ação Assim como aparece escrito logo nos créditos iniciais, Ruas de fogo é uma "fábula do rock'en'roll".

Um filme ingênuo que deve ter sido bem comentado na época (década de 80), mas que hoje em dia não nos mostra nada de novo, só uma sucessão de acontecimentos já conhecidos; o que nos faz pensar se não era essa a idéia do filme: criar um ambiente e história extremamente caricatos, como uma fábula moderna.
Cotação do Dai: **1/2
Streets of Fire (EUA, 1984) Dirigido por: Walter Hill Com: Michael Paré, Diane Lane, Rick Moranis, Amy Madigan, Willem Dafoe, Deborah Van Valkenburgh, Richard Lawson, Bill Paxton, Grand L. Bush, Elizabeth Daily, Mykelti Williamson..

Clique aqui para ver o trailer do filme: Ruas de fogo:

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.