Super Hiper Mega Banner

O incesto sentimental de Koi Kaze

Koshiro é um rapaz de 27 anos que vive uma vida simples e monótona. Quando sua esposa coloca fim no relacionamento, ele volta a morar na casa do pai. Então descobre que sua irmã passará também a morar em sua casa. Nanoka possui 15 anos e sempre morou com a mãe, desde o divórcio dos pais. Por causa da localização da casa do pai (que é mais perto da sua nova escola) ela se mudou.

É uma surpresa para Koshiro saber que Nanoka é sua irmã, já que os dois haviam se conhecido num metrô, por um mero acaso. A história de "Koi Kaze" (Vento do amor) é focada no relacionamento dos dois irmãos, que vai muito mais além do que uma simples amizade. Além da grande diferença de idade entre eles, existe também o detalhe do parentesco.

Koi kaze é um drama sensacional. Apesar de tratar de um tema que pode desagradar muitos, o incesto é visto de uma forma realista e comovente. O sentimento de culpa de Koshiro está presente durante praticamente toda a série. Ele sabe que Nanoka é sua irmã, mas não consegue deixá-la de lado. E ele fica na dúvida se a atração está sentindo é um reflexo da sua recente separação associada com sua falta de sexo ou se é algo mais sério e profundo. Esse anime lida um tema sério de um modo muito maduro. Os personagens principais são bem realistas e não esterótipos. A história é bastante dramática, mas também tem seu lado mais leve, com as amigas da escola de Nanoka, que sonham em encontrar um namorado. Ou então nos colegas de trabalho de Koshiro (ele trabalha numa agência de matrimônios!), em especial um rapaz que vive querendo arranjar uma namorada mais nova, o que gera cenas de humor um tanto forçadas e que destoam do resto do anime. Mas são importantes para não deixar a série muito depressiva. Sem dúvidas eu posso afirmar que Koi kaze é um dos melhores animes que já vi. Todos os 13 episódios são impecáveis. Não apenas na construção dos roteiros ou como a história vai se desenvolvendo, mas também pelos aspectos técnicos. Apesar de não ter efeitos especiais mirabolantes, a arte é linda. O traço do desenho é muito expressivo e os cenários são ricos e detalhados. Realmente uma série muito bonita de assistir, em todos os quesitos.O ponto que considero desfavorável é final, que poderia ser mais completo e conclusivo. Mas isso não prejudica o resultado. E após assistir a série entendemos que o amor não escolhe hora, nem lugar e pode estar onde menos você espera. E, independente do que consideram certo ou errado, é algo que vale a pena se arriscar.
Cotação do Dai: *****
Koi kaze (Japão, 2004) - Dirigido por: Omori Takahiro Com as vozes de: Nakamura Yuki, Miyake Kenta, Akesaka Satomi...

Veja abaixo o video com a abertura da série.

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.