Super Hiper Mega Banner

#188-Viagem maldita

Remake de "Quadrilha de sádicos", de Wes Craven (que, apesar de ter sido responsável por fracassos como "Amaldiçoados", ainda é bem respeitado). O diretor da regravação é o francês Alexandre Aja, de "Alta tensão". Vendo "Viagem maldita" tive a certeza: Aja já pode ser considerado um dos grandes nomes na história do terror atual. O filme é tenso, grotesco, assustador.

Uma típica família viaja pelo deserto do México (que na verdade é o Marrocos) e pega um atalho, sugerido por um velho dono de um posto de gasolina. Conselho do Daiblog: nunca confie em pessoas assim! O que os viajantes não sabem é o caminho leva para o final da linha (em todos os sentidos) e uma outra família (dessa vez deformada e canibal) os aguarda ansiosamente para o jantar. E eles não estão preocupados com essa história de gordura trans, só querem mesmo é comer gente!

Daiblog.net (adicione nos seus favoritos!)
Além de mutilações, sangue, tripas e gritos, a história ainda tem espaço para uma leve crítica de cunho social. As deformações dos assassinos foram causadas pela radiação de testes nucleares (e provavelmente também pela não utilização de filtro solar) e fica evidente o perigo dessas armas. Várias mensagens são transmitidas durante a projeção, algumas óbvias até demais, como o mastro da bandeira norte-americana servindo de arma.

O cenário desesperador do deserto, compõe uma paisagem com colinas que mais parece outro planeta. Os mutantes deformados lembram alienígenas e, por coincidência, no elenco está Aaron Stanford, que interpreta o mutante Phyro, em "X-men: o confronto final". Emilie de Ravin (de "
LOST" e "Carrie, a estranha") não é muito bem aproveitada, mas não decepciona como garota assustada.
Daiblog.net (adicione nos seus favoritos!)
Vale a pena ver "Viagem maldita" porque é tenso, tem cenas fortes e um agoniante suspense (quase interminável). Agora não é um filme excelente porque o roteiro se perde na metade, com situações dramáticas inconvenientes e uma mudança nos rumos da história, que vira uma espécie de "Mad max" sangrento! A continuação já está a caminho e recomendo: guardem Alexandre Aja na mente. Ele é O cara! Cotação do Dai: ***1/2
Filmes semelhantes: o ótimo "Wolf Creek, viagem ao inferno" (amigos viajando que se perdem no deserto australiano e lutam para sobreviver) e o fraco "Pânico na floresta" (amigos viajando pegam atalho (Wrong Turn) e vão parar numa floresta dominada por canibais deformados naturalmente famintos.
The Hills Have Eyes (EUA, 2006) Dirigido por: Alexandre Aja Com: Emilie de Ravin, Aaron Stanford, Vinessa Shaw, Kathleen Quinlan, Tom Bower, Ted Levine...

Veja aqui o trailer do filme Viagem maldita, que é muito parecido
com o trailer de outro ramake "O massacre da serra elétrica":

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.