Super Hiper Mega Banner

#204-Cinderella

Clássico Disney que provavelmente todo mundo já assistiu pelo menos uma vez na vida. A versão da história dos irmãos Grimm (clique para ler mais sobre a obra deles) foi editada para não impressionar as crianças. Isso quer dizer que nenhuma personagem corta o calcanhar ou outra parte do pé para calçar o sapatinho de cristal. Enquanto no original os pássaros são verdadeiros protetores da gata borralheira, inclusive guarda-costas, neste desenho eles são criaturas pacíficas e prestativas!

Na história, um bondoso pai decide se casar de novo para que a filha órfã receba um carinho de mãe. Mas, depois que o pai também morre, a garotinha vira criada e passa a trabalhar para a madrasta e suas duas filhas malvadas. A rotina de escrava de Cinderella tem seus dias contados quando ela participa de um glamouroso baile no palácio real. Com a ajuda de uma fada madrinha, ela descobre que tudo é possível quando se tem amor no coração e esperança de um futuro melhor. Amém.
A animação data de 1950 e até hoje surpreende pelo cuidado. É bem verdade que existem outros desenhos Disney bem mais interessantes, mas Cinderella ainda guarda seu encanto pela simplicidade da história. Mas assistindo novamente, pude notar que a história é esticada o máximo possível. E mesmo assim só tem pouco mais de uma hora!

Os primeiros 15 minutos são praticamente uma versão Disney de "Tom e Jerry", com os ratinhos fugindo do gato Lúcifer. E na versão atual do dvd o diálogo criticado e acusado de ser maligno continua presente. É quando a heroína da história diz "Lúcifer também seu lado bom". Enfim, é otimismo até demais porque durante toda a trama o felino apronta e faz maldades.
Vale a pena também ver no dvd uma canção inédita que não foi lançada na época, muito bonita. Depois de Cinderella, a Disney fez uma continuação em 2002 e está previsto o lançamento de Cinderella 3 para 2007. O assunto da terceira seqüência é interessante: o que aconteceria se a gata borralheira não tivesse calçado o sapatinho e nem ido ao baile? A história volta ao passado, com acontecimentos alternativos. Algo meio "Efeito borboleta" para as crianças! :)
Cotação do Dai: ****
Cinderella (EUA, 1950) Dirigido por: Clyde Geronimi, Wilfred Jackson, Hamilton Luske Com as vozes de: Ilene Woods, Helene Stanley, Eleanor Audley, Verna Felton...

Veja abaixo o trailer do desenho "Cinderella":


* * *
E por falar em Cinderella, uma japonesa chamada Junko Mizuno fez um mangá chamado Cinderalla. Mas diferente do que se pode esperar, o roteiro guarda espaço para zumbis e espetinhos de frango. Para ler mais sobre essa obra bizarra clique
aqui.

O Daiblog completou 1 ano de existência. Parabéns! :)

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.