Super Hiper Mega Banner

#333-Não por acaso

Mais um longa metragem nacional nos cinemas do Brasil. "Não por acaso" já passou pelo Cine PE Festival de Audivisual e agora é lançado em circuito comercial. É um drama no estilo de "Crash, no limite" ou "Babel". Tirando todo a extravagância do último filme, que se passa em diversos países, o filme nacional tem como cenário apenas a cidade de São Paulo. A comparação se deve a ambos o filmes tratarem de diversas histórias simultâneas que possuem algo em comum.


Pedro (Rodrigo Santoro) é um jovem que trabalha fazendo mesas de sinuca, mesmo ofício de seu falecido pai. Ele namora com Teresa (Branca Messina), adolescente que decide alugar seu apartamento para morar na casa do namorado. Quem loca o imóvel de Teresa é a bela Lúcia (Letícia Sabatella), uma empresária.



O outro núcleo da trama é composto por Ênio (Leonardo Medeiro, em fantástica interpretação), um homem angustiado que trabalha controlando o tráfego em São Paulo. Ele é um dos muitos que cuida da sinalização urbana, evitando congestionamentos e tentando colocar tudo em ordem. Ênio é separado da esposa e não conhece a filha, a adolescente Bia (Rita Batata, do curta "Quero ser Jack White").


Tanto Pedro quanto Ênio acreditam que possuem o controle das situações. Pedro ao elaborar complexas jogadas de sinuca e Ênio ao controlar a passagem de carros. Agora o que os dois descobrem é que a vida é muito imprevisível e um detalhe pode mudar tudo. "Não por acaso" é um filme ótimo, com um roteiro emotivo e bem bolado que fala de descobertas, perdas e aprendizado. A produção está acima da média, com efeitos de câmera impressionantes. Muito bom.
Cotação do Dai: ****
Não por Acaso (Brasil, 2007) Dirigido por: Philippe Barcinski Com: Rodrigo Santoro, Leonardo Medeiros, Letícia Sabatella, Branca Messina, Rita Batata, Graziela Moretto, Cassia Kiss...
Veja aqui o trailer do filme Não por acaso:

Tecnologia do Blogger.