Super Hiper Mega Banner

#338-O túnel da morte

Se você acessou o Daiblog agora para ler alguma indicação de filme bom, pode pular este texto. "O túnel da morte" não merece ser visto de forma alguma. Escrevo aqui só para explicar a "história" e te convencer a nunca alugar esse filme. A premissa da trama pode até enganar, já que se diz baseada num caso real.


As locações são arrepiantes: o sanatório Waverly Hills, que abrigou doentes terminais durante uma epidemia que matou diversas pessoas. Segundo a sinopse, foi construído um túnel para esconder os corpos daqueles que não sobreviveram, numa forma maligna de tentar ocultar os falecimentos que aconteciam ali.



Ok. Agora o porquê de nunca ver: o visual do filme é insuportável. Imagine um "Jogos mortais 2" com o triplo de flashes e efeitos acelerados de câmera. Aí você pode ter uma idéia de como é "O túnel da morte". Câmeras aceleradas, efeitos sonoros distorcidos, imagens de computação e um excesso de recursos de video-clipe que deixam tudo muito saturado e difícil de ser assistido. Não, não é fácil.


No filme, garotas acordam dentro do hospital e tentam sair de lá. Mas é claro que não será fácil. Enfermeiras sombrias, fantasmas e um médico maluco (também do além) farão de tudo para conseguir a alma das jovens siliconadas. Filme sem roteiro, sem atores de verdade e com uma edição mais horripilante que a própria morte. Jamais assista.
Cotação do Dai: *

Death Tunnel (EUA, 2005) Dirigido por: Philip Adrian Booth Com: Steffany Huckaby, Melanie Lewis, Yolanda Pecoraro, Kristin Novak, Annie Burgstede, Jason Lasater, Gary Wolf, Robyn Corum, Gill Gayle...

Veja aqui o trailer do filme O túnel da morte:


Tecnologia do Blogger.