Super Hiper Mega Banner

#411-O magnata

Magnata (Paulo Vilhena) é um playboy rico que leva uma vida de excessos nas ruas de São Paulo. Gasta o dinheiro deixado pela herança do pai, se desentende com a mãe alcoólatra (Maria Luisa Mendonça) e ainda tem tempo para cantar em shows underground.


Depois de cometer um crime, o protagonista da história conhece uma linda garota recém-chegada do exterior. Surge então um clima e o amor serve com fator de transformação para que o personagem vire outra pessoa logo após se relacionar com a garota!


Roteirizado por Chorão, o filme têm músicas do grupo Charlie Brown Jr e todos os elementos que acompanham a banda, como skate, grafite e a cultura de rua. A direção fica por conta do estreante Johnny Araújo, que só trabalhava com video-clipes e comerciais. E é claro perceber as influências do passado porque o filme tem cara de video-clipe da MTV. O elenco é cheio de participações especiais como Tiricia (no papel de um cafetão brega), Marcos Mion, João Gordo e outros ícones.


A produção é boa, mas o roteiro não chega a animar. A necessidade de criar uma lição de moral enfraquece a trama. Seria mais autêntico se o Magnata continuasse como sempre foi e não mudasse a personalidade de uma noite para a outra por causa de um relacionamento amoroso. Mesmo assim, o longa é um prato cheio para quem curte o som da banda. Para o resto do público, fica a difícil missão de tentar traduzir o dialeto repleto de gírias.
Cotação do Dai: DaiblogDaiblog

O magnata (Brasil, 2007) Dirigido por: Johnny Araújo Com: Natasha Kupfer, Maria Luisa Mendonça, Marcos Mion, Paulo Vilhena, João Gordo, Rosanne Holland...

Veja aqui o trailer do filme "O magnata":




Daiblog
Hoje começa o "Daiblog de olho". Será um espaço semanal para divulgar destaques que merecem uma conferida. Aqui você poderá ler notícias não só de cinema, mas de qualquer outro assunto. E para começar, hoje o tema é o "artista" Guillermo "Habacuc" Vargas.

Muitas pessoas já devem ter recebido algum e-mail sobre o que este sujeito fez. Mas para quem ainda não sabe, o costa-riquenho foi o responsável pela suposta morte de um cachorro durante uma exposição. O animal foi preso numa galeria de arte e aparentemente morreu de fome, já que ninguém dava água ou comida para ele.

Apesar de apresentar alguns argumentos para tentar explicar a tal expressão artística, fica óbvio que é injustificável o sacrifício de um ser vivo! Por isso foi feito um abaixo assinado virtual pedindo que Guillermo Vargas seja banido da "Bienal Centroamericana Honduras 2008". Ele representaria a Costa Rica, mas internautas do mundo todo votam para que ele não esteja presente no evento.

Até o presente momento a petição conta com mais de 318804 assinaturas contra Guillermo "Habacuc" Vargas. Sugiro que os leitores do Daiblog também assinem. É uma forma rápida de clamar por justiça. A expulsão de Guillermo na Bienal é o mínimo que ele merece por ter tido uma idéia tão infeliz. O ideal seria que ele respondesse criminalmente pela possível morte do cachorro.

Devido à divulgação e revolta de pessoas do mundo inteiro, a galeria de arte Codice, emitiu um comunicado dizendo que o cachorro não morreu e sim fugiu! Mas se você observar as imagens da exposição, vai notar que o animal está aparentemente abatido e desnutrido. Veja aqui algumas fotos da tal galeria e decida se o comunicado foi só uma tentativa de abafar o caso. Abaixo link do abaixo assinado.

Link para o boicote a Guillermo Habacuc Vargas.
Tecnologia do Blogger.