Super Hiper Mega Banner

#444-O suspeito


"O suspeito" é uma daquelas produções que usa o cinema para, de fato, passar uma mensagem e promover uma reflexão para os espectadores. Assim, o longa-metragem não se torna apenas um produto para entreter. Depois e assistir ao filme, fica uma idéia no ar e uma boa sugestão para debates. A questão abordada não poderia ser mais contemporânea. O filme mostra a história de Isabella (Reese Witherspoon, de "Legalmente loira") uma mulher grávida que aguarda o retorno do marido (que nasceu no Egito). Mas para a sua surpresa o homem simplesmente desaparece. O que ela não sabe é que o sujeito é suspeito de ter colaborado em um atentado terrorista que aconteceu na África do Sul que causou a morte de um agente norte-americano.
  


O roteiro se desenvolve dividido em vários núcleos. O primeiro se passa nos Estados Unidos, com a determinada gestante tentando descobrir o paradeiro do esposo. No mesmo país está a influente Corrine Whitman, interpretada com maestria por Meryl Streep (de "O diabo veste Prada"). Ela trabalha na CIA e determina que o suspeito deve ser interrogado. Mas como não é novidade, os interrogatórios acontecem de uma forma que não seria aprovada pela Anistia Internacional... As outras tramas acontecem na África do Sul. É lá que o norte-americano Douglas Freeman (Jake Gyllenhaal, de “O segredo de Brokeback Mountain” e "O zodíaco") trabalha.

 

Depois da morte do parceiro no atentado, ele se encarrega de descobrir os culpados pela bomba terrorista. Os caminhos do rapaz cruzam com o de Abasi Fawal, um oficial que usará métodos de tortura para arrancar uma confissão do egípcio. Também no continente africano é desenrolada a história do amor proibido entre dois jovens. Todos os enredos se encontram e são ligados durante as duas horas de projeção, com destaque para um curioso recurso do roteiro, que brinca com a ordem cronológica dos acontecimentos. No elenco também está Peter Sarsgaard (de "Hora de voltar", "Plano de vôo", "O preço de uma verdade") no papel de um político norte-americano. As atuações estão ótimas e representam um dos pontos mais altos do filme.


O suspeito” mostra uma história que provavelmente que deve acontecer com certa freqüência nos Estados Unidos. Desde os atentados de 11 de setembro, o medo e a paranóia tornaram-se desculpas para uma série de crimes e atitudes anti-éticas mascaradas por uma desculpa pacifista e de segurança nacional. O filme aponta para vários aspectos como a xenofobia, o preconceito e o fanatismo religioso. Em tempos onde guerras e homens-bomba fazem parte do dia-a-dia de vários países, o longa-metragem não deixa ser bastante atual. E não é nem preciso usar uma esposa grávida e preocupada para exemplificar o sentimento de desespero de parentes de pessoas que desaparecem.

A direção é do sul-africano Gavim Hood, que recebeu o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro com o longa “Tsotsi – infância perdida”. O diretor agora se prepara para dirigir “X-Men Origins: Wolverine”, quarto filme da série dos mutantes dos quadrinhos.
Cotação do Dai:DaiblogDaiblogDaiblogDaiblog

Rendition (EUA / África do Sul, 2007) Dirigido por: Gavin Hood Com: Omar Metwally, Reese Witherspoon, Aramis Knight, Rosie Malek-Yonan, Jake Gyllenhaal, Yigal Naor, Meryl Streep, Peter Sarsgaard...

Veja aqui o trailer do filme "O suspeito":






Daiblog
Novidade! Agora até quem não tem internet pode ler o Daiblog? Como assim? Você pode ler os textos do Daiblog na revista semanal Folhetim. Além de críticas de filmes, você também encontrará novidades sobre cinema e cultura. E como se não bastasse ainda tem a programação do cinema para você se organizar e não perder nenhum filme!

Você encontra a revista Folhetim nos cinemas dos shoppings: Brasília Shopping, Terraço Shopping, Pátio Brasil e Park Shopping. Mas quem não mora no Distrito Federal pode dar uma lida na versão online. Basta acessar o site: http://www.cinefolhetim.com/

O link para a revista Folhetim estará disponível nos links do menu ao lado!

Daiblog
Tecnologia do Blogger.