Super Hiper Mega Banner

#471-O olho do mal

Jessica Alba (de "O quarteto fantástico" e "O quarteto fantástico e o surfista prateado") interpreta Sydney Wells, uma talentosa violinista que ficou cega desde a pré-adolescência. A trama começa quando a jovem consegue um par de córneas para fazer o transplante. Sydney encontra a chance de enxergar novamente e a operação, de fato, é um sucesso. Mas o fato de voltar a ver não quer dizer que as coisas serão necessariamente melhores...
  


Os problemas começam quando a protagonista percebe que pode ver coisas que as outras pessoas não enxergam. E é mais ou menos a mesma idéia de “eu-vejo-gente-morta”, trabalhada com sucesso no filme “O sexto sentido”. Ainda sem compreender o novo mundo de imagens, Sydney conta com a ajuda do médico Paul Faulkner (Alessandro Nivola, de “Jurassic Park 3”).

Ele representa a parte cética e racional do filme. Acredita que as fantasmagóricas visões dapaciente fazem parte do processo pós-operatório e que tudo é só uma questão de aprendizado e adaptação com o novo sentido adquirido. Mas como “O olho do mal” é um filme de suspense sobrenatural, quem for assistir pode esperar soluções do além. E a resposta para a capacidade de Sydney ver espíritos pode estar em outro país...
  


Na tentativa de criar um clima com mais sustos e suspense, a história torna-se previsível ao mostrar trechos da parte mais importante do enredo logo no início. O recurso estraga o que deveria se mais impactante e o mistério em relação à identidade da pessoa doadora das córneas fica enfraquecido.

Surpreendentemente o filme não aproveita as curvas de Jessica Alba (como em “
Mergulho radical”, que mostrava a beldade nadando de todos os ângulos possíveis). Apenas uma única cena no banho passa a idéia do corpo da atriz, o que é uma surpresa, já que Jessica Alba é considerada sex symbol. No elenco do filme também está Parker Posey (de "Superman, o retorno"), Rachel Ticotin (da segunda temporada de "Lost") e Chloe Moretz (de "Zombies").
  

Assim como “O chamado 2”, “O grito 2” e outros filmes, “O olho do mal” é mais um remake de um filme de terror asiático. E é mais um exemplo de uma refilmagem desnecessária. Quem assistiu ao original, lançado aqui no Brasil como “The eye, a herança”, pode comparar as duas produções e concluir que é inferior. A falta de criatividade de Hollywood está tão preocupante que até filmes recentes como o tailandês “Espíritos, a morte está ao seu lado” (de 2004) ganhou uma versão norte-americana neste ano. A direção é do japonês Masayuki Ochiai (de “Infecção”), escolha decidida provavelmente para tentar dar um ar mais asiático ao filme.

De qualquer forma, fica claro que as refilmagens raramente superam os originais. Sendo assim, “O olho do mal” é uma estréia que só pode agradar quem nunca viu o filme chinês ou quem ainda não se cansou de histórias de fantasmas sussurrantes nos cinemas. Boa sorte!
Cotação do Dai:
DaiblogDaiblog

The Eye (EUA, 2008/I) Dirigido por: David Moreau e Xavier Palud Com: Jessica Alba, Alessandro Nivola, Parker Posey, Rade Serbedzija, Fernanda Romero, Rachel Ticotin, Obba Babatundé...

Veja aqui o trailer do filme "O olho do mal" com legendas em português:

Tecnologia do Blogger.