Super Hiper Mega Banner

#564-Seed, assassino em série

Muitos leitores se perguntam por onde dará Michael Paré, ator promissor do clássico "Ruas de fogo". A verdade é que o artista continua com uma carreira, embora nem todos seus trabalhos tenham sido lançados no Brasil. Um dos mais recentes que ele atuou é terrível "Seed, assassino em série", dirigido por Uwe Boll, cineasta tão odiado que ganhou um abaixo assinado na internet pedindo que ele pare de fazer filmes. Ele é especialmente odiado pelos fãs de video-games, que detestaram as adaptações que Boll fez dos jogos para o cinema. Visite e assine clicando aqui. (até o presente momento o documento apresentava 304883 assinaturas!)

Ambientado em meados da década de 70, o longa-metragem fala de Seed, um maníaco que matou incontáveis pessoas. Ele foi condenado à morte na cadeira elétrica, mas como o equipamento não estava funcionando muito bem, acabou sobrevivendo. De acordo com a legislação norte-americana (dos estados que aceitam a pena de morte, é claro), o condenado que sobreviver a três execuções de 15 mil volts por 45 segundos deve ser solto. Mas não foi exatamente o que aconteceu.

Photobucket
Seed é o exemplo: vaso ruim não quebra

Depois da polícia forjar um falso atestado de óbito, Seed foi enterrado vivo. Porém, na mesma noite ele saiu da cova, agora mais revoltado e disposto a se vingar. Uwe Boll (de "BloodRayne", "Alone in the Dark, o despertar do mal", "House of the Dead, o filme") conseguiu realizar um filme desagradável e difícil de ser assistido. O único objetivo da história (que se diz baseada em um caso real), é tentar chocar os espectadores.

Photobucket
Nem bebês não são poupados pelo serial killer

Michael Paré interpreta Matt Bishop, o detetive que conseguiu prender o maníaco e soube que ele foi enterrado vivo. Depois que a polícia descobre que o túmulo de Seed estava vazio, ele tentará encontrar o assassino antes que ele faça novas vítimas. Com alguns efeitos especiais bons e outros computadorizados demais, a produção é sombria e forçada. A apelação é tenta que os primeiros minutos do longa são dedicados a mostrar cenas reais de animais sendo torturados e mortos. Sem dúvidas um espetáculo de terror para qualquer um que tem um animal de estimação.
Cotação do Daiblog: Daiblog

Seed (Canadá, 2007) Dirigido por: Uwe Boll Com: Michael Paré, Will Sanderson, Ralf Moeller, Ralf Moeller, Jodelle Ferland, Thea Gill, Andrew Jackson, Brad Turner, Phillip Mitchell, Mike Dopud...

Veja aqui o trailer do filme "Seed, assassino em série":

Um comentário:

  1. Esse Filme é um lixo....
    Assisti uma vez e fiquei totalmente chocada.
    Fui surpreendida por cenas fortíssimas, desde o começo; com os animais sendo torturados, com outra cena em que ele destrói totalmente a cabeça de uma idosa com um martelo e o final totalmente sem nexo....
    Aff's...
    Quanta falta de criatividade.
    Ao terminar de assistir - por incrível que pareça, eu ainda queria ver o final - Fiquei com uma sensação horrível, como um desespero....
    Talvez isso só tenha acontecido comigo, mas mesmo para as pessoas que gostam de carnificina é uma perda de tempo.

    Esse diretor deveeria ser totalmente exonerado...Não faria a menor falta....

    Atenciosamente Jucy

    ResponderExcluir

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.