Super Hiper Mega Banner

#595-Romance

O novo filme de Guel Arraes (O auto da compadecida e Lisbela e o prisioneiro) é uma boa surpresa por mostrar os bastidores dos artistas e fazer pensar naquela velha questão: a vida imita a arte ou arte imita a vida? O longa-metragem conta a história de Pedro (Wagner Moura, de Cidade baixa e Tropa de elite) e Ana (Letícia Sabatela, de Não por acaso). Os dois são atores que se conhecem na peça teatral Tristão e Isolda e interpretam os amantes que morrem por causa do amor.

E como não é muito difícil de acontecer, a relação profissional se mescla com a pessoal e os dois acabam se relacionando também na vida real. Vivendo um romance inspirado na obra fictícia, os dois tentam sempre reinventar os sentimentos a cada apresentação. Mas o destino faz com que os dois tomem caminhos distintos quando um empresário da televisão (interpretado por José Wilker, de
Sexo com amor?) se interessa pelo talento de Ana.

Photobucket
Sentimento que ultrapassa os palcos

Motivada por uma amiga (Andréa Beltrão, de Verônica e A grande família, o filme), ela decide tentar carreira na TV, o que faz com que Pedro se sinta em segundo plano. Ana tenta conciliar as duas atividades, alternando as gravações de uma telenovela com as atuações do espetáculo teatral, mas isso desagrada Pedro, um artista apaixonado pela dramaturgia. O conflito entre as duas opções de expressão artística é o principal tema do filme.

Romance, como o título sugere, é um filme romântico. Mas a história de amor apresentada na telona não é tão idealizada quanto se pode imaginar e tem um pé na realidade. O universo dos atores sempre foi motivo de interesse público e revistas de fofocas e tablóides são a prova concreta que muitas pessoas querem saber qual foi o motivo da separação de Suzana Alves ou como foi o casamento da Sandy. O longa-metragem revela o outro lado do pano e mostra as gravações e situações que não são mostradas na versão final das apresentações e / ou exibições.

Photobucket
Casal interpreta a tragédia de Tristão e Isolda

É evidente a boa química entre os protagonistas e foi bom para a carreira de Wagner Moura ele ter feito um papel diferente do agressivo capitão Nascimento, personagem que fez com que ele ficasse popular e marcado. Também no elenco está Vladmir Britcha, no papel de um ambicioso ator que quer alcançar o estrelato. Para isso ele é capaz de interpretar uma personalidade que não é sua, atuando como um ator que atua para conseguir atuar em um seriado!

Photobucket
I'm burning! Smack!

Toda a metalinguagem dos artistas e do amor pode ser bem resumida em um dos diálogos do filme, quando Letícia Sabatela fala que as pessoas se apaixonam sempre por quem não existe, uma espécie de invenção. E está certa, afinal, muitas vezes, as pessoas se reinventam para conquistar alguém. O destaque vai para a boa sacada do final e para a bela música de Caetano Veloso.
Cotação do Daiblog:
DaiblogDaiblogDaiblog

Romance (Brasil, 2008) Dirigido por: Guel Arraes Com: Vladimir Brichta, Wagner Moura, Letícia Sabatella, Andréa Beltrão, José Wilker...

Veja aqui o trailer do filme Romance:




Daiblog

Começa hoje a 41ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. A Mostra Competitiva 35 mm começa a partir desta quarta-feira, sempre em dois horários e no Cine Brasília (EQS 106/107). Os ingressos custam R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia), à venda na bilheteria do local. Telefone: 61 3244 1660.

Quem perder algum filme pode conferir as reprises em outros cinemas. A programação completa pode ser conferida no site oficial do evento: http://www.sc.df.gov.br/festival/

Veja abaixo a programação da mostra competitiva 35mm desta quarta e quinta:

Quarta-feira, dia 19: às 20h30 e 23h30, Cine Brasília

Mostra Competitiva 35mm
A Mulher Biônica, de Armando Praça, 19min, CE
Que Cavação É Essa?, de Estevão Garcia e Luís Rocha Melo, 19min, RJ
O Milagre de Santa Luzia, de Sergio Roizenblit, 104min, SP


Quinta-feira, dia 20: às 20h30 e 23h30, Cine Brasília

Mostra Competitiva 35mm
Nº 27, de Marcelo Lordello, 19min, PE
Cidade Vazia, de Cássio Pereira dos Santos, 13min, DF
FilmeFobia, de Kiko Goifman, 80min, SP


Além dos filmes 35mm, outras mostras agitam a grade de atrações, como a Mostra Brasília, que exibirá diversas produções como o curta-metragem Para pedir perdão, de Iberê Carvalho.


Photobucket
Para pedir perdão vai passar no dia 23/11, às 16:30, no Cine Brasília

Visite o Daiblog para ficar por dentro de mais novidades do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, com atualizações diárias na cobertura da maior festa do cinema nacional.

Tecnologia do Blogger.