Super Hiper Mega Banner

#625-O corajoso ratinho Despereaux

De dezembro até fevereiro os cinemas do Brasil recebem diversas produções voltadas especialmente para o público infanto-juvenil. Como a criançada está de férias neste período, a platéia mais jovem pode aproveitar o tempo vago para conferir as novidades na telona. Nesta sexta-feira estréia O corajoso ratinho Despereaux, animação dirigida pela dupla Sam Fell (Por água abaixo) e Robert Stevenhagen (Wallace e Gromit: A batalha dos vegetais).

O longa-metragem é baseado no best-seller de Kate Dicamillo, que permaneceu por 96 semanas na lista dos mais vendidos. O herói da trama é um pequeno camundongo chamado Despereaux (leia Desperrô), que nasceu com um comportamento diferente dos outros por ser extremamente corajoso. Enquanto o medo é uma característica comum e valorizada entre os ratos, Despereaux parece não se amedrontar com nada.

O corajoso ratinho Despereaux
Despereaux é diferente dos outros camundongos por ter coragem

O orelhudo acaba se encontrando com uma princesa e faz amizade com uma ratazana que foi responsável pela tragédia que mudou a vida de todo o reino onde a história se passa. Diferente da maioria das recentes produções do gênero, O corajoso ratinho Despereaux é voltado em específico para os cinéfilos mirins. O senso de humor é infantil e puro, coisa rara de se ver atualmente. Ficou claro que os produtores não planejaram abocanhar também o público adulto e fizeram um filme politicamente correto.

O corajoso ratinho Despereaux
Subtramas com bons personagens enriquecem ainda mais a história

Isto não significa que os pais não irão gostar do filme. Narrado como uma fábula (com direito até o início com um "Era uma vez"), a película é agradável e relembra clássicas aventuras medievais no mesmo universo mágico dos contos de fadas. O baixo orçamento (US$ 60 milhões, o dobro da animação Wall-e, por exemplo) não influenciou em nada.

O corajoso ratinho Despereaux
Ao invés de roer livros, Despereaux prefere ler!

O desenho é bonito e possui uma ambientação caprichada. Destaque também para a trilha sonora de William Ross (Brigada 49). E não é preciso citar que o carisma dos personagens. Despereaux é fofo e provavelmente vai gerar uma série de produtos em breve. Contudo o que marca e é valorizado depois da projeção não é a aparência, mas o ensinamento sobre valores como lealdade, coragem e o ato de se perdoar.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblogDaiblog

The Tale of Despereaux (EUA / Reino Unido, 2008) Dirigido por: Sam Fell e Robert Stevenhagen. Com as vozes de: Matthew Broderick, Dustin Hoffman, Emma Watson, Kevin Kline, Frank Langella, Christopher Lloyd.

Veja aqui o trailer do filme O corajoso ratinho Despereaux dublado em português:


Daiblog

Esta notícia pode não ser nova, mas é melhor postar antes tarde do que nunca! O grande vencedor da 66ª edição do Globo de Ouro foi o drama Slumdog Milionaire. O longa-metragem ganhou nas categorias Melhor Filme Dramático, Melhor Diretor (para Danny Boyle) e Melhor Roteiro (Simon Beaufoy). O falecido ator Heath Ledger recebeu também um troféu por sua atuação em Batman - O cavaleiro das trevas.

Entre os premiados destaca-se Kate Winslet, que foi considerada a Melhor Atriz no drama Foi apenas um sonho (foto) e Melhor Atriz Coadjuvante em O Leitor. Confira abaixo a relação completa dos vencedores:

MELHOR FILME - DRAMA: “Slumdog Millionaire”

MELHOR DIRETOR: - Danny Boyle – “Slumdog Millionaire”

MELHOR ROTEIRO: - Simon Beaufoy – “Slumdog Millionaire”

MELHOR ATRIZ EM FILME DRAMÁTICO: - Kate Winslet – “Foi Apenas um Sonho”

MELHOR ATOR EM FILME DRAMÁTICO: - Mickey Rourke – “O Lutador”

MELHOR FILME - MUSICAL OU COMÉDIA: - “Vicky Cristina Barcelona

Daiblog
Vicky Cristina Barcelona

MELHOR ATRIZ EM FILME MUSICAL OU COMÉDIA: - Sally Hawkins – “Simplesmente Feliz”

MELHOR ATOR EM FILME MUSICAL OU COMÉDIA: - Colin Farrell – “Na Mira do Chefe”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM FILME: - Kate Winslet – “O Leitor”

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM FILME: - Heath Ledger – “Batman – O Cavaleiro das Trevas

Daiblog
Heath Ledger em Batman – O Cavaleiro das Trevas

MELHOR FILME DE LÍNGUA ESTRANGEIRA: - “Waltz with Bashir” (Israel)

MELHOR LONGA DE ANIMAÇÃO: - “Wall-E

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL: - A.R.Rahman – “Slumdog Millionaire”

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL: - “The Wrestler” (Bruce Springsteen) – “O Lutador”
Tecnologia do Blogger.