Super Hiper Mega Banner

#681-Anjos e demônios

Alguns dogmas da igreja católica ainda causam polêmica no mundo inteiro como a proibição do uso de preservativos e o aborto sempre como uma prática pecaminosa. É no Vaticano - principal sede de toda a fé cristã - que o longa-metragem Anjos e demônios se desenvolve.

Baseado no romance homônimo de Dan Brown (O código Da Vinci), o filme possui uma história repleta de mistérios e investigações envolvendo os conflitos éticos e ideológicos entre religião e ciência. Tom Hanks volta a viver o herói Robert Langdon, um sagaz professor da Universidade de Harvard que entende de símbolos como ninguém.

Anjos e demônios
Religião x ciência em pauta

A narrativa acontece quando o Papa morre e os cardeais se reunem para realizar o Conclave, o ritual para eleger quem vai ser o novo Papa. Enquanto a decisão não é tomada, o posto fica com o Camerlengo (interpretado por Ewan McGregor, de Pecados ardentes, A ilha). O suspense entra em cena quando um poderoso ítem é roubado do CERN, centro europeu que faz pesquisas e estudos sobre física de partículas.

Some este potente artefato com o sequestro de quatro cardeais. A situação não poderia ser mais perigosa, por isso Landgon é chamado para tentar descobrir alguma pista de uma terrível ameaça que coloca em risco a vida de milhares de pessoas.

Anjos e demônios
Investigação e pesquisas

Os índicios levam a crer que todos os acontecimentos foram planejados por um grupo chamado Illuminati, organização antiga que busca vingança contra a igreja. Junto com a cientista italiana Vittoria Vetra (Ayelet Zurer, de Munique) e com a equipe da Guarda Suiça, que protege o Papa, Langdon terá acesso a preciosos manuscritos que o ajudarão a desvendar o mistério envolvendo a irmandade que procura uma revanche.

No final das contas, Anjos e demônios não passa de um bom filme superestimado por ter a adaptação de um best-seller. A produção caprichada, o protagonista premiado e a direção de Ron Howard (O jornal, Uma mente brilhante) também chamam a atenção da platéia. É melhor que O código da Vinci, com uma história mais simples e bem movimentada. A riqueza de detalhes históricos que se confundem com a ficção também continuam interessantes, mas os confrontos entre as tradições religiosas com o desenvolvimento tecnológico - tema verdadeiramente mais rico - foi deixado de lado em nome da aventura e do suspense.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblogDaiblog

Angels & Demons (EUA, 2009) Dirigido por Ron Howard. Com Tom Hanks, Ewan McGregor, Ayelet Zurer, Stellan Skarsgård, Pierfrancesco Favino, Nikolaj Lie Kaas, Armin Mueller-Stahl, Thure Lindhardt, David Pasquesi, Cosimo Fusco, Victor Alfieri...

Veja aqui o trailer do filme Anjos e demônios legendado em português:

Daiblog

Os fãs do fenômeno Jonas Brothers podem comemorar. O longa estrelado por Kevin, Joe e Nick vai estrear na capital federal dia 29 de maio. No filme, o público poderá acompanhar os meninos em uma turnê que tem como convidadas especiais as cantoras Demi Lovato e Taylor Swift.

Jonas Brothers
Nick, Joe e Kevin - foto de Frank Masi

Um comentário:

  1. Um filme inteligentíssimo e muito interessante. Ver Tom Hanks em cena é um presente, não é sua melhor atuação, mas o filme compensa!

    ResponderExcluir

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.