Super Hiper Mega Banner

#691-Uma noite no museu 2

Continuação do filme de 2006, Uma noite no museu 2 traz Ben Stiller (Antes só do que mal casado) novamente no papel do ex-vigia noturno Larry Daley. Depois dos acontecimentos da primeira parte ele se vê novamente em contato com as figuras do museu que criam vida quando descobre que todas as esculturas e quadros sairão do Museu de História Natural.

Todas as peças serão remanejadas para a Instituição Smithsonian, que é o maior e mais visitado museu do mundo. Por isso Larry irá até o local para combater um inimigo que ganhou vida. Dessa vez é o faraó egípcio Kahmunrah, que ganha vida depois de 3 mil anos. Ele lidera outors nomes da História mundial como Ivan, o Terrível, Napoleão Bonaparte e Al Capone. Juntos, tentarão tomar conta do museu e depois do mundo.

Uma noite no museu 2
Encrenca!

O elenco de Uma noite no museu 2 é repleto de conhecidos nomes como Owen Wilson (Marley e eu) e Robin Williams (Segredos na noite, Violação de privacidade e Quem é morto sempre aparece). A revelação Amy Adams (Dúvida, Encantada) interpreta Amelia Earhart, pioneira da aviação que entrou para a história por ter sido a primeira mulher piloto a atravessar o Atlântico.

Uma noite no museu 2
Tamanho não é documento

Repleto de cenas de aventura e humor, o longa-metragem é um típico filme família. Não é exatamente o tipo de produção que eu pagaria para ver no cinema, mas não deixa de ser um entretenimento. Foi este filme que abriu o projeto Vamos ao Cinema! (leia mais abaixo)
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblog

Night at the Museum: Battle of the Smithsonian (EUA / Canadá, 2009) Dirigido por Shawn Levy. Com Ben Stiller, Amy Adams, Owen Wilson, Hank Azaria, Robin Williams, Christopher Guest, Alain Chabat, Steve Coogan, Ricky Gervais, Jon Bernthal, Jake Cherry...

Veja aqui o trailer do filme Uma noite no museu 2 legendado em português:

Daiblog

Projeto Vamos ao Cinema!

Com o objetivo de promover a inclusão cultural de estudantes de escolas públicas do DF e inserir o audiovisual na formação cultural da criança e do adolescente, através da discussão acerca da linguagem do conteúdo dos filmes exibidos e do cinema como carreira, surge o Vamos ao Cinema! A iniciativa teve início no dia 02 de junho no Cinemark do Pier 21 e procura tirar os estudantes das salas de aulas e levá-los para as salas de cinema.

O Vamos ao Cinema! tem o patrocínio da Petrobras e chama a atenção por um diferencial, os estudantes beneficiados verão os lançamentos do cinema mundial em todas as sessões. Após as sessões, o curso de Cinema e Mídias Digitais do IESB promove debate com os estudantes. As sessões serão matutinas e se realizarão no Cinemark – Pier 21, com direito a pipoca e refrigerante.

Petrobras vamos ao cinema
Mais uma boa idéia da Petrobras

As exibições serão programadas de acordo com filmes que estejam em cartaz nos períodos em que forem agendadas as exibições. Todas de acordo com a classificação etária dos alunos.

Daiblog Amy Adams comenta sobre seu papel em Uma noite no museu 2

Poucas mulheres simbolizaram mais o aguerrido espírito de aventura do que Amelia Earhart, a desbravadora da aviação que mudou a História com seus voos solo destruidores de estereótipos, que afetaram gerações de mulheres. Tão famosa por sua inteligência, verve e independência feroz quanto por suas habilidades ousadas de voo, Amelia ficou conhecida como “Lady Lindy”, depois de se tornar a primeira mulher piloto a atravessar o Atlântico. Ela estava no auge da popularidade quando desapareceu sobre o Pacífico em 1937, mas continua uma heroína adorada em todo o mundo. E dentro do Smithsonian.

Amelia significará ainda mais para Larry ao fazer uma aterrissagem-surpresa em seu coração durante a sensacional noite no Smithsonian. Para interpretar Amelia com estilo, Shawn Levy sabia que precisaria de uma atriz que contasse com carisma e classe extras, o que encontrou em abundância em Amy Adams, a jovem estrela popular que recentemente recebeu sua segunda indicação ao Oscar por Dúvida, de John Patrick Shanley.

Uma noite no museu 2
Amy Adams como Amelia Earhart

“Amy traz um bocado de verve e verdadeiro sentido da vida ao papel de Amelia Earhart. Ela é uma das personagens femininas mais legais e fortes que vi no cinema em muito, muito tempo”, diz Levy. Ben Stiller acrescenta: “Ela também traz uma grande beleza para o filme”.

Adams simplesmente não pôde resistir à oportunidade de recriar com humor uma heroína histórica como ela. “Amelia Earhart é uma verdadeira inspiração com sua ousadia e força. Ela serve como um contraponto perfeito para Larry, porque ela o incentiva a lembrar quem ele é realmente, a ver o que é realmente importante para ele e nunca deixar as oportunidades passarem. Adorei pesquisar sobre Amelia, mas este decididamente não é um filme biográfico! Interpreto uma versão empetecada de quem Amelia foi, com uma ênfase em suas melhores qualidades”, diz a atriz.

Uma noite no museu 2
Ben Stiller e Amy Adams

Ela continua: “A maioria das pessoas se lembra de Amelia como a piloto feminina que tragicamente se perdeu no Pacífico, contudo ela foi muito mais que isso. Numa época em que as pessoas precisam de alguém em quem acreditar, ela se tornou a esperança da nação. Ela representa esse tremendo otimismo e tem um grande efeito nas pessoas dessa forma, e agora ela está fazendo isso de novo com Larry”.

Na verdade, Amelia está implorando constantemente para que Larry encontre sua “valentia”. E o que é essa valentia misteriosa? Adams a define como “a coragem de ir em frente com convicção absoluta, não importa o que aconteça”.

Enquanto isso, Amelia tem seus próprios motivos para querer fazer parte da missão perigosa de Larry a fim de libertar seus amigos do museu. “Ela quer agarrar essa oportunidade de aventura e viver ao máximo essa única noite que tem”, explica Adams.

Uma noite no museu 2
Amy Adams

Ainda assim, Adams precisava preparar sua própria coragem para as cenas em que Amelia faz o seu melhor: voa em aviões clássicos para fora do Museu do Ar e do Espaço. “Ironicamente, tenho medo de voar”, confessa Adams, com uma risada. “Mas me diverti muito na cena em que temos que andar sobre as asas do Wright Flyer. Posso não ser fisicamente tão intrépida quanto Amelia Earhart, mas também não tenho medo de assumir riscos na vida”, compara.

Da mesma forma que Amelia Earhart aproveita cada minuto de emoção e satisfação na noite de sua vida, Adams aproveitou ao máximo o que considerou uma produção extremamente alegre. “Me diverti muito diversão neste filme. Consegui dançar swing, dancei com uma bailarina de Degas, imaginei Abraham Lincoln ganhando vida. Trabalhei com um elenco sensacional. Não dá para ser mais legal que isso”, diz.

Um comentário:

  1. Não achei engraçado! Na verdade continua divertido ver os grandes personagens do museu ganhando vida e vale a pena a pequena participação de Jonan Hill no filme e ótimo figurino no filme.

    ResponderExcluir

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.