Super Hiper Mega Banner

Confira os vencedores do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

A atriz Dira Paes abriu a nona edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, o maior prêmio do cinema nacional, realizado pela Academia Brasileira de Cinema e a Prefeitura do Rio de Janeiro, que premiou 27 vencedores com o Troféu Grande Otelo.

Os atores Ingrid Guimarães e Murilo Rosa foram os apresentadores da noite que reuniu mais de 1200 pessoas, dentre eles artistas, diretores e produtores de cinema. Este ano a cerimônia teve como inspiração o tema "o melhor lugar para assistir a um filme é no cinema". Trechos de filmes consagrados, como os realizados pelos irmãos Lumière, ilustraram a evolução das salas de cinema desde 1930.
Daiblog
É proibido fumar ganhou 5 prêmios


Confira abaixo a relação de todos os vencedores do evento:

MELHOR LONGA-METRAGEM DE FICÇÃO - É PROIBIDO FUMAR de Anna Muylaert.

MELHOR LONGA–METRAGEM DOCUMENTÁRIO - SIMONAL – NINGUÉM SABE O DURO QUE DEI de Calvito Leal, Claudio Manoel e Micael Langer.

MELHOR LONGA–METRAGEM INFANTIL -
GRILO FELIZ E OS INSETOS GIGANTES, O de Walbercy Ribas e Rafael Ribas.

MELHOR LONGA–METRAGEM ANIMAÇÃO -
GRILO FELIZ E OS INSETOS GIGANTES, O de Walbercy Ribas e Rafael Ribas.
 Daiblog
O grilo feliz e os insetos gigantes

MELHOR DIREÇÃO - ANNA MUYLAERT por É Proibido Fumar

MELHOR ATRIZ - LILIA CABRAL como Mercedes por
Divã

MELHOR ATOR  - TONY RAMOS como Claudio por Se Eu Fosse Você 2


MELHOR ATRIZ COADJUVANTE - DENISE WEINBERG como Ruiva por Salve Geral

MELHOR EFEITO VISUAL - MARCELO SIQUEIRA, ABC por Besouro

MELHOR SOM -
DENILSON CAMPOS e PAULO RICARDO NUNES por
Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei

MELHOR TRILHA SONORA - MARCIO NIGRO por
É Proibido Fumar

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL - BERNA CEPPAS por Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei


MELHOR ROTEIRO ORIGINAL - ANNA MUYLAERT por
É Proibido Fumar

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO - BOSCO BRASIL por
Tempos de Paz. Adaptado da obra “Novas Diretrizes em Tempos de Paz” de Bosco Brasil.

MELHOR MONTAGEM DE FICÇÃO - PAULO SACRAMENTO por
É Proibido Fumar

MELHOR MONTAGEM DE DOCUMENTÁRIO - KAREN AKERMAN e PEDRO DURAN por
Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei


MELHOR CURTA-METRAGEM FICÇÃO - SUPERBARROCO dirigido por Renata Pinheiro

MELHOR CURTA-METRAGEM DOCUMENTÁRIO  - DE VOLTA AO QUARTO 666 dirigido por Gustavo Spolidoro

MELHOR CURTA-METRAGEM ANIMAÇÃO  -
MENINO QUE PLANTAVA INVERNOS, O dirigido por Victor-Hugo Borges - JURO QUE VI: O SACI dirigido por Humberto Avelar

MELHOR LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO -
BASTARDOS INGLÓRIOS (Inglourious Basterds, ficção, EUA) - dirigido por Quentin Tarantino. Distribuição: Universal Pictures/Paramount Pictures

MELHOR ATOR COADJUVANTE  - CHICO DIAZ como camelô por
O Contador de Histórias

MELHOR DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA - RICARDO DELLA ROSA por
À Deriva

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE - CLAUDIO AMARAL PEIXOTO por
Besouro

MELHOR FIGURINO - MARÍLIA CARNEIRO por
Tempos de Paz

MELHOR MAQUIAGEM - MARTÍN MACIAS TRUJILLO por
Besouro

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.