Super Hiper Mega Banner

#903-Cisne negro

Fascinante e assombroso. Com 5 indicações ao Oscar, Cisne Negro é um daqueles filmes que te pega no colo, segura durante toda a duração e continua contigo depois do término. O drama, dirigido por Darren Aronofsky (O lutador), conta o percurso de sonho e delírio da bailarina Nina Sayers (Natalie Portman, de Um beijo roubado, Hora de voltar).

Depois de receber o papel principal do espetáculo Lago dos cisnes, ela se esforça para conseguir dançar e interpretar dois papéis: o Cisne Branco e o Cisne Negro. Com uma personalidade meiga e quase infantil - graças à criação da mãe superprotetora - Nina tenta se superar para que o diretor Thomas Leroy (Vincent Cassel, de À deriva, Senhores do crime, Rios vermelhos, Shrek, Fora de rumo) não se decepcione.
Cisne negro
À medida que a protagonista vai conhecendo seu lado mais sombrio (e maduro), uma série de eventos inexplicáveis começam a acontecer. Sua insegurança aumenta com a incômoda presença da bailarina Lily (Mila Kunis, de Uma noite fora de série, O livro de Eli e Max Payne), que parece ser a candidata perfeita para o papel de Cisne Negro por causa do comportamento natural e extrovertido.
Cisne negro
 Todo o filme é guiado pela visão de Nina, que compete e se entrega à arte de uma forma sombria e perigosa. Por isso quem assiste acompanha uma série de situações estranhas que incluem alucinações e momentos surreais onde a ficção do balé se incorpora na vida real.
Cisne negro
Cisne Negro
fala da eterna busca pela perfeição e principalmente do medo. A falta de coragem em se assumir, crescer e ter vitória naquilo se quer. Tudo isso misturado com cenas perturbadoras, uma narrativa envolvente e trilha igualmente poderosa. Vale a pena destacar a curta participação de Winona Ryder (Star Trek - O filme, O homem duplo).
Cisne negro
Com uma produção incrível, o filme só não é impecável pelas incontáveis semelhanças com o anime Perfect Blue, dirigido por Satoshi Kon. As possíveis "coincidências" podem ser questionadas pelo fato de Aronofsky ter conhecido o cineasta japonês e já ter refilmado uma cena da animação em Réquiem para um sonho. Mas isso rende um outro texto...
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblogDaiblogDaiblogDaiblog

Veja aqui o trailer do filme Cisne negro:


Black Swan (EUA, 2010) Dirigido por Darren Aronofsky. Estrelando Natalie Portman, Mila Kunis, Vincent Cassel, Barbara Hershey, Winona Ryder, Benjamin Millepied, Ksenia Solo, Kristina Anapau, Janet Montgomery, Sebastian Stan...

Daiblog Quer ver o filme Cisne negro?

Um comentário:

  1. Não dá pra negar que é uma obra prima!

    A atuação de Natalie Portman também foi perfeita isso é fato!

    Acho que o filme retrata muuito bem não só o glamour mas também a tensão que é o mundo dos espetáculos onde nos bastidores é travada mesmo uma batalha entre os bailarinos todos determinados a defender seus sonhos. A trilha sonora contribuiu e muito pra todo o filme em sí ser o espetáculo.

    A personagem Nina não é lésbica, toda essa confusão junto com suas alucinações são conflitos psicológicos dela própria pra lhe dar com toda a pressão que até mesmo questionava sua personalidade que não combinava com um cisne negro que aspira malícia e ultrapassa regras. Achei mesmo ótimo o filme!

    ResponderExcluir

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.