Super Hiper Mega Banner

#911-Star Wars: Episódio I - A ameaça fantasma

Star Wars (o original de 1977) teve um impacto gigantesco na cultura pop. Ele redefiniu o modo como se faz cinema e introduziu o uso de efeitos especiais e o merchandising em torno dos filmes. Foi, durante muito tempo, a maior bilheteria de todos os tempos. Encheu os cofrinhos de George Lucas e da Fox e arrebatou milhões de fás devotos da saga pelo mundo inteiro.


Quase 20 anos depois, é anunciado uma continuação, ou uma "pré continuação", visto que a história se passa 30 anos antes do primeiro filme de 77. Nem precisa comentar que foi um frisson absoluto no mundo todo. As expectativas eram enormes, mas será que o filme ficou à altura?

Na história, a Federação de Comércio fez um bloqueio no pacífico planeta de Naboo. Dois cavaleiros Jedi que são guardiões da paz e da justiça, são enviados pela República Galática para ajudar a resolver o conflito. Mas o que parecia uma simples disputa comercial, se torna algo muito maior.
  


O maior destaque da produção é, sem dúvida, Liam Neesom como o mestre Jedi Qui-Gon Jinn. Ele conseguiu criar um personagem carismático, que nas mãos de outro ator talvez se tornasse um personagem chato. Como seu aprendiz temos Ewan McGregor como Obi Wan Kenobi, que também está ótimo no filme, conseguindo passar o sotaque e os trejeitos de sua contraparte mais velha do filme de 77 vivido por Sir Alec Guiness.

Tecnicamente o filme é impecável, dadas as limitações técnicas da época, mas é no roteiro que está a maior falha deste longa. Cenas de ação gratuitas, um pouco infantil demais, indo contra tudo aquilo que a trilogia antiga representava, sem falar no vilão, Darth Maul, que tinha tanto potencial, devido seu visual, mas entra mudo e sai calado, sem relevância nenhuma à trama. Talvez possa ser justificado que George Lucas queria conquistar as gerações mais novas, mas foi uma falha muito grande a introdução de personagens como Jar Jar Binks (Ahmed Best).

  

A trama política que condes o filme inteiro se apresenta um tanto quanto chata e maçante. Se o filme não fosse parte de algo maior, seria pior ainda, mas se analisarmos dentro do contexto dos outros três filmes, faz todo sentido.

Resumindo, história infantil e um pouco arrastada e atuação ruim do protagonista infantil Jake Lloyd, que desapareceu depois desse filme. Mas por outro lado, tecnicamente impecável e com personagens carismáticos. Vale a pena assistira em respeito à saga, por fazer parte de uma saga que redefiniu o cinema americano e a cultura pop mundial. Tem a seu favor o fato de ter me conquistado em 1999, quando eu tinha 9 anos e fiquei encantado com aquele mundo, e fez com que quisesse seguir a carreira de cinema, mas hoje, mais velho, analisando friamente, é um filme ruim, mas sempre terei aquele sentimento positivo, do filme que definiu minha vida.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblogDaiblog

Veja aqui o trailer do filme Star Wars - Episódio I - A ameaça fantasma:


Star Wars episode I: The Phantom Menace (EUA, 1999) Dirigido por George Lucas, Com Liam Neesom, Ewan McGregor, Natalie Portman, Ian McIarmid, Jake Lloyd, Ahmed Best, Frank Oz...

Quer ver o filme Star Wars - Episódio I - A ameaça fantasma?

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.