Super Hiper Mega Banner

#994-Jean Paul Gaultier - Quebrando as Regras

*Por Bianca Baptista - biancabaptista@daiblog.com.br (Festival do Rio)
Na última década os estilistas saíram do cargo de figurinistas dos filmes para entrar dentro deles como personagens principais. O ultimo a ter um documentário sobre sua vida é o francês Jean Paul Gaultier, depois de outros como Marc Jacobs e Valentino. A produção foi idealizada pela ex-modelo Farida Karesh. Ela dirige e tenta mostrar a alma transgressora punk e feminina do estilista responsável pela elaboração do mais famoso figurino de show de Madonna. Fazem parte da projeção os desfiles espetáculos, os shows da cantora vestindo seus famosos sutiãs cônicos desenhados por Gaultier, depoimentos das modelos como a própria Farida Karesha , a primeira mulher árabe a desfilar, e de Beth Ditto, vocalista da banda The Gossip, que inclusive participou de um dos últimos desfiles do estilista.
O clima intimista, e de revelações da vida pessoal de Gaultier, é presente na duração de todo o filme devido a relação da diretora com o francês. Inclusive é a partir disso, e da cumplicidade entre os dois que foi possível capturar bons depoimentos do próprio, que rendem uma grande quantidade de conteúdo, numa narrativa da trajetória do pequeno Jean Paul Gaultier desde a periferia de Paris, até ser assistente de Pierre Cardin quando tinha apenas 18 anos. Mas há uma falta de outras pespectivas frente ao sucesso da transgressividade do francês, que elaborou uma coleção de alta costura masculina com muitos elementos femininos (como espartilhos) e provocou risos na audiência.
A diretora tenta implementar novos meios de desenvolvimento da construção de um filme ao colocar Dita Von Teese para entrevistar o estilista, porém pode-se perceber que a performista não estava confortável em fazer perguntas em francês já que não sabe falar o idioma. Mas isso não impediu que Faresha insistisse e nem de Gaultier responder tudo em francês. Foram sequências sem nexo, um assunto fixo e de desconexão entre entrevistado-entrevistador. No entanto, a pequena entrevista conduzida pela primeira-dama Carla Bruni revela uma sintonia entre ela e Gaultier, um velho amigo das passarelas. Mas de novo, o roteiro parecia ser imposto e novamente não há linearidade.
Ficou claro que Faresha não produziu um roteiro ou qualquer esboço de guia. Gaultier começou como uma interrogação e remanesceu um mistério de como gere seus negócios ou tira inspiração para as coleções. E, por mais que a idealizadora não quisesse uma obra cansativa, foram deixadas de lado lacunas a serem preenchidas. E mesmo ao entrar para a maison Hermés, Jean Paul Gaultier continuou a impressionar a todos com uma transgressividade única francesa difícil de se encontrar, já que parece ser um dos últimos estilistas franceses talentosos e da alta costura dos últimos tempos.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblog
Jean-Paul Gaultier ou Les Codes Bouleversés (França, 2007) Dirigido por Farida Khelfa. Com Jean Paul Gaultier, Farida Khelfa, Dita Von Teese, Carla Bruni, Madonna...

Veja aqui um video do filme Jean Paul Gaultier - Quebrando as Regras:

Um comentário:

  1. Anônimo5:58 PM

    Onde posso adquirir este filme? Obrigado
    fredcdutra@terra.com.br

    ResponderExcluir

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.