Super Hiper Mega Banner

#1005-Amanhã Nunca Mais

*Por Raíssa Saraiva

Na direção contrária das produções brasileiras que retratam a violência e o interior do país, Amanhã Nunca Mais é um filme tipicamente urbano. A produção de estreia na ficção do diretor Tadeu Jungle traz situações cotidianas (e outras nem tanto) que acontecem em uma fatídica sexta-feira à noite, na caótica São Paulo.

Lázaro Ramos (Madame Satã, Cidade Baixa) é Walter, um médico anestesista viciado em trabalho. Pacífico e prestativo, o rapaz tem grandes dificuldades para dizer “não” em qualquer circunstância. A profissão e o comportamento trazem problemas ao casamento de Walter com Solange (Fernanda Machado – Tropa de Elite), e ele tenta reconquistar a confiança da esposa se oferecendo para buscar o bolo de aniversário da filha do casal, Juju (Vitória Guerra). A pequena missão, entretanto, se mostra muito mais difícil e inusitada de ser cumprida do que o médico esperava, e ele se vê diante da noite mais maluca de sua vida.
O início do filme pode até confundir o espectador, mas Amanhã Nunca Mais é uma comédia refinada em essência. Não faltam na história ocorrências surreais e até mesmo surpresas que prendem a atenção e provocam simpatia ao protagonista. Ao mesmo tempo, a trilha sonora de André Abujamra e Marcio Nigro, com participação especial de Arnaldo Antunes, provoca expectativa, e, porque não dizer, até certo sentimento de agonia: o que mais o médico precisará passar para chegar em casa?
Várias caras famosas participam do elenco da trama, como Milhem Cortaz (Lula – O Filho do Brasil, Assalto ao Banco Central), Maria Luisa Mendonça (A Mulher do Meu Amigo, O Homem do Futuro, vencedora do Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante por Amanhã Nunca Mais no Festival do Rio) e Paula Braun (O Cheiro do Ralo). A personagem de Vic Militello (O Homem do Ano), a sogra de Walter, Dona Olga, é responsável por várias tiradas cômicas da história, especialmente na sequência que apresenta a família em um típico feriadão na praia.
É bacana ver o cinema brasileiro explorando outras vertentes além daquelas que o fizeram conhecido. Mas, acima de tudo, é interessante ver que até na mais leve das comédias, pode existir uma mensagem subliminar e uma “moral” da história capaz de provocar muita reflexão.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblogDaiblog
Veja aqui o trailer do filme Amanhã Nunca Mais:


Amanhã Nunca Mais (Brasil, 2011). Dirigido por Tadeu Jungle. Com Lázaro Ramos, Fernanda Machado, Maria Luisa Mendonça, Milhem Cortaz, Paula Braun, Luís Miranda, Imara Reis, Vitória Guerra, Vic Militello, Anna Guilhermina...

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.