Super Hiper Mega Banner

#1006-The Secret Circle

*Por Bianca Baptista - biancabaptista@daiblog.com.br

EmOs seres humanos não conseguem sobreviver sem acreditar em seres, matérias sobrenaturais. Dessa forma que as ficções científicas e até mesmo romances nos cinemas e tv's sobrevivem. The Secret Circle não fica de fora. Produzido pela CW como forma de prender mais ainda a atenção dos adolescentes, a história desenvolvida pelos roteristas Andrew Miller (conhecido pelo chick-flick Amor ou Amizade estrelado por Fred Prince Jr e Claire Forlani) e a autora L.J. Smith responsável pela criação de The Vampire Diaries.

Os dois elaboraram uma história em que Cassie Blake (Britt Robertson, a Lux de Life Unexpected) tem a mãe morta por um incêndio em casa, na cidade de Los Angeles. Isso a leva viver com a avó, na cidade de New Salem. Lá, algumas pessoas locais, como Adam (Thomas Dekker, o Connor de The Sarah Connor Chronicles) e Diana (Shelley Hennig) tentam ser simpáticos o suficiente para conquistar a novata na cidade e a atrair para os círculos sociais deles.

Mas a razão não é simplesmente arrastar uma carne-fresca e sim a própria Cassie Blake, descendente de um das cinco famílias de Salem. Todos eles, assim como seus pais, têm poderes mágicos por meio de feitiços-receitas prontas escritos nos livros de cada família. No entanto, o que nenhum dos cinco adolescentes sabe é que, devido a falta de prática dos seus pais, cada um deles morreu. No caso, o pai de Cassie, a mãe de Adam, o pai de Faye, a mãe de Diana, o pai de Melissa e os dois pais de Nick. Por isso os avós retiraram os poderes dos pais de cada um desses que sobreviveram ao incidente.
Mesmo não sabendo completamente da verdade, o grupo de adolescentes pratica, e até mesmo exarcebam o poder que têm, tudo de maneira escondida ou beirando o explícito, como no caso da personagem Faye Chamberlain (Phoebe Tokin, a Cleo de 3OH! Meninas Sereias), uma semi-vilã com ainda certa culpa das besteiras que faz.
O seriado, apesar de também ter supervisão da autora que originou a série, possui muitos clichês como a existência de poderes sobrenaturais em conjunto com a perda de pais. Mas os efeitos especiais foram muito bem feitos. Logo nos primeiros episódios, quando os dois personagens principais conseguem fazer uma mágica/feitiço juntos, parece mais real do que se imaginaria para um seriado de televisão.
A atriz-protagonista, apesar da pequena experiência no seriado cancelado Life Unexpected, tem certa consistência, mas ainda não sabe lidar bem com o tema drama-sobrenatural. E os outros atores, também pouco conhecidos de nome, convencem nos papéis. O difícil de acreditar é para onde a história irá levar os personagens.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblog

Veja aqui um video da série The Secret Circle:

The Secret Circle (EUA, 2011) Criado por Andrew Miller e L.J. Smith. Com Britt Robertson, Thomas Dekker, Gale Harold, Phoebe Tonkin, Natasha Henstridge, Jessica Parker Kennedy...

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.