Super Hiper Mega Banner

#1018-O Zelador Animal

*Por Ray de Aguiar - raydeaguiar@daiblog.com.br
Já li várias vezes sobre críticos em festivais de cinema que saíram no meio de uma exibição porque o filme estava muito ruim. Confesso que senti o mesmo na primeira metade de O Zelador Animal. Apenas para perceber o equívoco durante a segunda metade do filme.

Tudo bem, talvez esteja exagerando um pouco. Mas deu a impressão que seria algo totalmente surreal. E não estou me referindo ao fato de ser um filme com animais falantes. Não sou o maior fã deste “sub-gênero”, digamos assim, mas aqui funciona bem. Kevin James interpreta Griffin, funcionário de um zoológico e um homem romântico ao extremo. Tanto que decide pedir a mão de sua namorada Stephanie (Leslie Bibb) durante um passeio a cavalo em uma praia ao pôr-do-sol. Mas ela, que sonha em estar com alguém rico, bonito e bem sucedido, dá um pé na bunda do coitado, deixando-o a ver navios ao som da banda de mariachis que ele havia contratado para comemorar o “sim” que não foi dito.
Anos depois, eles se encontram de novo. Num efeito de recaída, ela está disposta a tê-lo em seus braços mais uma vez e, quem sabe, convencê-lo a mudar de profissão. E ele está disposto a ter novamente a bela loira. Quase como ter uma segunda chance de ganhar a mega-sena, certo? Mais pra frente o filme provará que não é bem assim. Enquanto vai conversando sozinho pelo zoológico, os animais ouvem tudo. E decidem dar uma força para aquele que sempre os tratou bem. Aí vem aquele choque de assimilar que os animais também falam e tal.
Passado o espanto, vem a parte surreal. Cada animal vai dando dicas de como reconquistar a fêmea, já que ele não pode ser o romântico bobalhão outra vez. O urso diz para Griffin estufar a pança, o lobo diz para urinar pelos cantos para marcar território e por aí vai. Quando Griffin aparece em cena realmente fazendo tudo isso, é que pensei o filme estava perdido. Mas depois surgem bons momentos, como a cena de confraternização com o gorila em plena cidade (ou melhor, a selva de pedra), a dancinha de Kevin James, no mesmo estilo que o ator fez em Hitch – Conselheiro Amoroso, e Rosario Dawson (Sete Vidas, Incontrolável, Percy Jackson e o Ladrão de Raios) como Kate, outra funcionária do zoológico que... bom, melhor não contar muito, senão acabaria entregando o resto da história.
Em meio as boas tiradas dos diálogos dos animais, um filme que passa aquele velha mensagem de encontrar a sua felicidade e gostar do que faz. É meio batido, mas às vezes é bom relembrar essas lições. Além dessas, fica outra lição: sempre esperem o filme terminar. Nunca se sabe quando eles podem surpreender.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblogDaiblog
Veja aqui o trailer do filme O Zelador Animal:

The Zookeeper (EUA, 2011) Dirigido por: Frank Coraci. Com: Kevin James, Rosario Dawson, Leslie Bibb, Adam Sandler, Jon Favreau, Cher, Sylvester Stallone, Judd Apatow, Nick Nolte...

Um comentário:

  1. Um filme divertido, muito pelo carisma de Kevin James e as trapalhadas protagonizadas por ele, todos os outros do elenco estão apenas correto, não gostei muito das cenas em que os animais falavam... no geral é um filme divertido.

    ResponderExcluir

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.