Super Hiper Mega Banner

#1063-Espelho, Espelho Meu

O diretor indiano Tarsem Singh (Imortais, A Cela, Dublê de Anjo) fez, até hoje, poucos filmes: quatro, no total. Mas todos eles chamam a atenção pelo cuidado com o visual. Com fotografia e direção de arte impecáveis, eles se diferenciam de outras produções que estreiam nos cinemas. Espelho, Espelho Meu, a mais recente obra de Tarsem, não poderia ser diferente.  


Inspirada no conto de fadas Branca de Neve e Os Sete Anões, a trama é focada principalmente na Rainha Má, interpretada por Julia Roberts (Duplicidade, Larry Crowne - O Amor Está de Volta, Idas e Vindas do Amor). Engraçada e cruel, ela narra a história a partir do seu ponto de vista, isto é, sempre colocando a jovem princesa (Lily Collins, de Sem Saída, Um Sonho Possível) como um obstáculo em sua vida. 
O roteiro é parecido com o que todos nós conhecemos, mas depois toma um rumo diferente. O príncipe (Armie Hammer, J. Edgar e A Rede Social), por exemplo, não tem um papel apenas de salvar a donzela em perigo e resolver os problemas. Ele é corajoso, mas se envolve em confusões com os anões, que não são muito amigáveis.
Com cenários grandiosos e figurinos exuberantes, Espelho, Espelho Meu é uma adaptação sarcástica e divertida. Por ser uma comédia simples, pode desapontar os adultos que esperavam ver algo mais sombrio (como Branca de Neve e o Caçador, que ainda vai estrear). Um dos pontos positivos é a trilha sonora assinada por Alan Menken (responsável por famosas músicas de clássicos Disney, como A Bela e a Fera, Aladdin e A Pequena Sereia). O compositor pode ser considerado um expert em criar faixas mágicas. Um dos destaques vai para a sequência musical no encerramento, uma verdadeira homenagem do diretor a Bollywood. 
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblogDaiblog

Veja aqui o trailer do filme Espelho, Espelho Meu:

Mirror Mirror (EUA, 2012) Dirigido por Tarsem Singh. Com Lily Collins, Julia Roberts, Armie Hammer, Nathan Lane, Jordan Prentice, Mark Povinelli, Joe Gnoffo, Danny Woodburn, Sebastian Saraceno...

Um comentário:

  1. Filme totalmente infantil, pra ver quando não tem nada pra fazer.

    ResponderExcluir

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.