Super Hiper Mega Banner

Livro explica o mundo pós-apocalíptico de Jogos Vorazes

Um mundo pós-apocalíptico. Um futuro alternativo em que meninos e meninas são escolhidos a partir de 12 distritos para competir nos Jogos Vorazes, uma luta vale-tudo televisionada. O universo criado por Suzanne Collins chega aos cinemas em março e para entendê-lo, a Lua de Papel, integrante do grupo LeYa Brasil, lança  Hunger Games – A filosofia por trás dos Jogos Vorazes, de Lois Gresh, guia que oferece um olhar profundo sobre a importância dos temas tratados na obra, que transformam a trama em algo contemporâneo, terno e perturbador.
A história se passa no país Panem, um país dividido em 12 distritos. A jovem Katniss Everdeen, de 16 anos, se oferece para lutar no lugar da irmã caçula nos Jogos Vorazes - jogos transmitidos anualmente em forma de reality show, como forma de provar que ninguém está acima do poder da Capital, que governa Panem. Para acompanhá-la, o garoto Peeta Mellark, também de 16 anos, é o escolhido para seguir para a Capital. Por trás de toda a ação da história, estão inseridas inúmeras referências a fatos verídicos, como as grandes ditaduras, as Cruzadas, além de alusões a 1984, de George Orwell, Farenheit 451, de Ray Bradbury e reality shows, como Survivor.
Escrito por Lois Gresh, autora de diversos guias best-sellers, como James Bond, Indiana Jones, Crepúsculo, entre outros, Hunger Games – a filosofia por trás dos Jogos Vorazes inclui fatos históricos fascinantes sobre a ação na trilogia, um estudo revelador das fontes de inspiração da autora, Suzanne Collins, e informações surpreendentes sobre os temas principais da série.

Título: Hunger Games – a filosofia por trás dos Jogos Vorazes
Autor: Lois Gresh
Formato: 18 x2 3 cm
Páginas: 200
Preço médio: R$ 39,90

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.