Super Hiper Mega Banner

Mostra Cinema Pela Verdade exibe filmes sobre a ditadura militar

No ano em que completam-se 50 anos do golpe que instaurou a ditadura civil-militar no Brasil, a Mostra Cinema pela Verdade volta a exibir simultaneamente em universidades dos 27 estados da federação filmes que retratam este período marcante da história brasileira. Em sua terceira edição, a Mostra acontece nos meses de abril e maio, e promove exibições de filmes seguidas de debates que ajudam a provocar reflexões sobre o tema.

Este ano, os filmes selecionados foram os documentários Repare Bem (foto abaixo), de Maria de Medeiros, Camponeses do Araguaia – A Guerrilha Vista por Dentro, de Vandré Fernandes, e Ainda Existem Perseguidos Políticos. Cada estado do país terá pelo menos seis sessões de filmes, totalizando 162 exibições. Realizado pelo Instituto Cultura em Movimento (ICEM), em parceria com o Ministério da Justiça, o projeto foi contemplado pelo edital “Marcas da Memória”, da Comissão de Anistia, que visa à promoção de eventos e projetos com foco na Ditadura Militar no Brasil e na América Latina.
“O ICEM acredita no audiovisual, no cinema, como um instrumento potencializador do debate e o Cinema Pela Verdade é uma ótima oportunidade de interlocução com o público jovem, atuante e crítico. Esse ano, em que se completam os 50 anos do Golpe, o projeto vem para somar a discussão do que foi a Ditadura Militar no Brasil. Falar sobre, discutir, esclarecer, facilita o entendimento do presente e futuro e é isso que o Cinema Pela Verdade se propõe a fazer”, diz a vice-presidente do ICEM, Luciana Boal Marinho.
O ponto de partida da Mostra será entre os dias 24 e 28 de março, quando 27 universitários selecionados em todo o Brasil se reunirão em um hotel no interior do Rio de Janeiro para participarem da capacitação para “agentes mobilizadores”. Oriundos dos cursos de Cinema, Letras, Jornalismo, Direito, História, Sociologia, entre outros, eles ficarão responsáveis por produzir e promover a Mostra Cinema pela Verdade em suas regiões. Durante a semana de capacitação, os universitários assistirão aos três filmes da Mostra, participarão de debates com os diretores dos filmes, de palestras com membros da Comissão de Anistia, e de dinâmicas promovidas por pedagogos e professores de teatro.

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.