Super Hiper Mega Banner

Crítica do filme Cinderela

*Michel Toronaga - micheltoronaga@daiblog.com.br

Você conhece a história e já sabe como ela termina. O desenho da Disney é impecável e parece ser a forma definitiva de adaptar - de forma mais politicamente correta possível - o famoso conto dos irmãos Grimm. Então será que vale mesmo a pena ver o novo filme da Disney? A resposta é: definitivamente sim!

A direção segura de Kenneth Branagh (Thor, Um Jogo de Vida ou Morte) fez com que o longa encontrasse um equilíbrio certo entre o fantasioso (fada madrinha, vestido mágico) e o realista (ganância, maldade). Por exemplo, na versão com atores, os animais não falam, mas parecem se comunicar com a protagonista. A ausência de canções também afastou o tom da animação, o que resultou numa versão que pode agradar tanto adultos quanto as crianças.
Apesar do roteiro ser mais que conhecido, ele permanece eficiente. Carregado de romantismo, o drama da jovem que é transformada em criada por sua madrasta depois que fica órfã continua tocante. Com uma direção de arte e fotografia caprichadas e figurinos que são igualmente elaborados, é muito fácil se deixar envolver pela trama.
Cinderela é um filme muito bonito. O elenco, encabeçado pela força e beleza de Cate Blanchett (Babel, Robin Hood) foi bem escalado, com destaque para a personagem principal, interpretada por Lily James (Fúria de Titãs 2). Ela consegue transmitir a imagem da inocente garota que segue o juramento que fez para a mãe, de sempre ser corajosa e gentil.
Dentre as recentes adaptações da Disney, é possível afirmar que Cinderela é a melhor de todas elas. Sem ser totalmente sustentada pelos efeitos especiais, sem a presença saturada de Johnny Depp e sem alterar os caminhos já conhecidos da narrativa, o estúdio acertou mais uma vez. O filme faz sonhar e acreditar no poder que o amor tem de corrigir todas as injustiças da vida.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblogDaiblogDaiblog

Veja aqui o trailer do filme Cinderela:

Cinderella (EUA, 2015) Dirigido por Kenneth Branagh. Com Lily James, Cate Blanchett, Richard Madden, Helena Bonham Carter, Nonso Anozie, Stellan Skarsgård, Sophie McShera, Holliday Grainger, Derek Jacobi, Ben Chaplin... 

Um comentário:

  1. A clássica história que atingiu a tela para lembrá-a magia da Disney. Cinderela é uma história de amor, onde o príncipe encantado fantasia mais tempo para se tornar realidade nesta história cheia de esperança. Perfeito para reviver a infância.

    ResponderExcluir

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.