Super Hiper Mega Banner

Crítica do filme Quarteto Fantástico

*Por Michel Toronaga - micheltoronaga@daiblog.com.br

A nova tentativa de adaptar os quadrinhos do Quarteto Fantástico para o cinema mostra que existem coisas que nem mesmo os super-heróis conseguem salvar. Dirigido por Josh Trank (do interessante Poder Sem Limites), o longa que estreia hoje recomeça a saga que teve início em 2005.
Acusado de ser muito bobo, o filme de dez anos atrás não agradou muito os fãs. Mesmo assim, ganhou uma continuação mediana em 2007. O novo Quarteto procura seguir uma linha mais séria – e esse é um dos seus muitos problemas. A trama gira em torno do estudante Reed Richards (Miles Teller, de Divergente). Nerd e inventor, ele conta com a ajuda do amigo Ben Grimm (Jamie Bell, de As Aventuras de Tintim) para construir uma máquina de teletransporte. A invenção funciona em partes, mas chama a atenção do Dr. Franklin Storm (Reg E. Cathey, da série House of Cards).
Convidado para estudar numa organização que acredita no potencial de jovens, Reed vê seu sonho se tornar realidade com a ajuda de outros prodígios da ciência: Victor Von Doom (Toby Kebbell, de Fúria de Titãs 2) e os irmãos Johnny Storm (Michael B. Jordan, de Fruitvale Station) e Sue Storm (127 Horas).
Após a máquina funcionar, o grupo decide virar cobaia e ir para outra dimensão, mas as coisas dão errado e eles acabam com poderes especiais: um estica, outro pega fogo, um vira uma criatura de pedra e a outra fica invisível. O que sobrou vira o vilão que, sem nenhuma motivação convincente, decide destruir a Terra.
Ao decidir aprofundar os personagens, o filme acaba sendo prejudicado no quesito diversão. Começando desde a infância de Reed e perdendo muito tempo em laboratórios e experimentos, o roteiro vai na contramão do que é visto em outros filmes do gênero. Faltam ação, humor e efeitos especiais. Sobram burocracia e diálogos científicos.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblog

Veja o trailer do filme Quarteto Fantástico:

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.