Super Hiper Mega Banner

Crítica do filme A Filha do Pai

Michel Toronaga - micheltoronaga@daiblog.com.br

Olhando de cara, a história pode não soar tão original: garota humilde e inocente do campo tem sua primeira vez com rapaz galanteador e rico que só queria uma aventura. Mas A Filha do Pai mostra o amadurecimento da protagonista Patricia Amoretti (interpretada pela atriz Astrid Bergès-Frisbey, a sereia de Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas) de uma forma sutil. Não deixa de lado um romantismo delicado que é pouco visto nos cinemas – e agora nas locadoras.
O longa-metragem é dirigido e estrelado por Daniel Auteuil, que também adaptou o roteiro a partir do livro de Marcel Pagnol. Na trama, o cineasta dá vida a Pascal, patriarca de uma família formada por várias filhas. Ele trabalha como poceiro e, mesmo não tendo muito dinheiro, se esforça para garantir uma vida confortável e tranquila para sua prole.
Ambientado na França em momentos antes da Primeira Guerra Mundial, o drama é focado na relação familiar que se desestrutura após a relação de Patricia. Em vez de apelar para o dramalhão, o longa-metragem se desenvolve de forma melancólica e, muitas vezes, com um certo humor.
A fotografia chama a atenção com imagens repletas de belas paisagens bucólicas da década de 1910. Outro destaque vai para o elenco. Auteuil (Cachê, Meu Melhor Amigo, Contratado Para Amar) é um dos mais versáteis e talentosos artistas franceses. Em A Filha do Pai ele faz por merecer e rouba a cena como um pai que quer recuperar a honra da filha. Kad Merad (A Voz do Coração) e Sabine Azéma (Medos Privados em Lugares Públicos) também estão no elenco. Um filme que é um pouco morno, porém correto e bem realizado.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblogDaiblog

Veja aqui o trailer do filme A Filha do Pai:


La fille du puisatier (França, 2011) Dirigido por Daniel Auteuil. Com Daniel Auteuil, Kad Merad, Sabine Azéma, Jean-Pierre Darroussin, Nicolas Duvauchelle, Astrid Bergès-Frisbey, Emilie Cazenave, Marie-Anne Chazel...

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.