Super Hiper Mega Banner

Crítica do filme Chernobyl - Sinta a Radiação

*Por Michel Toronaga - micheltoronaga@daiblog.com.br

Seguindo a linha de falsos documentários, Chernobyl - Sinta a Radiação mostra o trágico passeio de um grupo de seis amigos que decide se aventurar na cidade abandonada de Pripyat, onde moravam os trabalhadores do reator que resultou no maior acidente nuclear da história mundial. Eles são convencidos por um guia bem suspeito a fazer a viagem turística, mas não contavam que, além da radiação, o lugar também guardava algumas surpresinhas.
Dirigido pelo estreante Bradley Parker, o filme apresenta filmagens amadoras que procuram transmitir todo o realismo que o script pedia. O roteiro, por sinal, é de Oren Peli, que escreveu e dirigiu o sucesso Atividade Paranormal - responsável pela febre de produções do estilo found footage. É possível perceber a mão de Peli nas situações sombrias que os personagens vivem. Depois que eles ficam sem ter como sair de Pripyat, são atacados por estranhas criaturas.
O suspense mantém o interesse do longa-metragem, já que demora para se entender o que está acontecendo e qual é o perigo - além dos índices de radiação, é claro. A solução, contudo, não é das melhores. Agora quem gosta de levar sustos vai se divertir porque um bom clima de tensão é desenvolvido durante a projeção. O resultado não foge do que pode se esperar: muita gritaria, um pouco de sangue (infelizmente) e uma série de jovens sendo mortos.
O elenco conta com atores não muito conhecidos pelos brasileiros, como a norueguesa Ingrid Bolsø Berdal (João e Maria: Caçadores de Bruxas) e Dimitri Diatchenko (Agente 86). Esse é um ponto positivo, visto que rostos mais famosos quebram a ideia de realismo proposta pela pela trama. Apesar de ter passado pouco tempo nos cinemas, Chernobyl é uma produção interessante, já que o terror que aconteceu por lá foi real e o lugar parece uma verdadeira cidade fantasma.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblog

Veja aqui o trailer do filme Chernobyl - Sinta a Radição:


Chernobyl Diaries (EUA, 2012) Dirigido por Bradley Parker. Com Ingrid Bolsø Berdal, Dimitri Diatchenko, Olivia Dudley, Devin Kelley, Jesse McCartney, Nathan Phillips, Jonathan Sadowski, Milos Timotijevic, Milutin Milosevic...

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.