Super Hiper Mega Banner

Crítica do filme A Hora do Pesadelo 3: Os Guerreiros dos Sonhos

*Jonathas Soares - jonathassoares@daiblog.com.br

O terceiro volume melhora, e muito, a saga de Freddy Krueger, com um roteiro de Frank Darabont (Frankenstein de Mary Shelley , Um Sonho de Liberdade, O Nevoeiro) e argumento de Wes Craven. Nancy, a protagonista do primeiro filme, retorna à série, desta vez como uma médica psiquiatra especialista em sonhos. É revelado depois que Nancy anda tomando um remédio que reprime os sonhos, o que a protegeu de Freddy pelos últimos seis anos. A produção também conta com Patricia Arquette, que faz Kristen, uma garota com o dom especial de puxar pessoas para os seus sonhos.


O filme concerne o último grupo das “crianças de Elm Street”, que tornaram-se adolescentes perturbados, todos internados na ala suicida de uma clínica psiquiátrica. Fica claro, desde a primeira cena de horror, quando as torneiras de uma pia se transformam nas famigeradas garras de Freddy, que ele não mais precisa que suas vítimas estejam dormindo para atormentá-las. Os pesadelos aqui são também alucinações, uma inovação narrativa que indica que, nem mesmo acordados, nossos personagens estão seguros. Este capítulo começa de verdade a tendência que vira uma das características mais marcantes da série: mortes customizadas, de acordo com a personalidade da vítima.


A maioria dos efeitos especiais continua ótima, como a impressionante cena em que Kristen corta os pulsos, ou a que Nancy é engolida por uma poltrona. Neste volume, Freddy também se transforma em uma cobra gigante. E é o terceiro filme seguido que utiliza cobras para assustar; Freddy é quase um Lorde Voldemort. As alusões religiosas se fortalecem nesse volume: Freddy abre um buraco que leva claramente ao inferno, uma das personagens mais marcantes da produção é uma freira.


Seria Freddy mesmo um tipo de demônio? Essa teoria ganha ainda mais respaldo quando Freddy revela que ele absorve as almas das crianças, que o fortalecem. Também aprendemos algo sobre o passado de Freddy: ele é fruto de um estupro de uma enfermeira por um maníaco em um sanatório, o que nos diz que a fonte de sua psicopatia é provavelmente genética. Essa informação não explica, no entanto, alguns de seus poderes sobrenaturais.


Ficamos com a impressão de que, mais uma vez, a lógica interna da série é sacrificada para criar cenas “cool” que agradem o seu jovem público-alvo. Mesmo com mutias cenas que geram perguntas sem respostas, este é um bom capítulo que merece ser visto, principalmente por fãs do primeiro.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblogDaiblog

Veja aqui o trailer do filme A Hora do Pesadelo 3: Os Guerreiros dos Sonhos:



A Nightmare on Elm Street 3: Dream Warriors (EUA, 1987) Dirigido por Chuck Russell. Com Heather Langenkamp, Craig Wasson, Patricia Arquette, Robert Englund, Ken Sagoes, Rodney Eastman, Jennifer Rubin...

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.