Super Hiper Mega Banner

Brasileiro no filme colaborativo Train Station

Depois da aclamada estreia mundial no Festival de Cinema de East Lansing, em Michigan, em novembro de 2015, o cineasta Rafael Yoshida representou o Brasil em um dos mais importantes festivais de cinema do mundo. Ele é parte de um grupo de 40 diretores responsáveis pelo filme Train Station, selecionado para o Berlin Independent Film Festival (BIFF). O longa é fruto de um projeto inovador do estúdio Collad Feature, em que cada diretor comanda um trecho do filme, gravado 25 cidades ao redor do mundo. Eles se conheceram pela internet e todas as decisões são tomadas em conjunto, através de um grupo online.


"O filme segue com um único personagem, Brown, interpretado por atores diferentes de acordo com o diretor que comanda o segmento. Rodado em cidades como São Paulo, Chicago, Dubai, Teerã e Atenas, é possível reconhecer o personagem por causa da roupa, uma referência para o público", explica Yoshida. Ao longo de sua jornada, ele depara-se com escolhas que desencadeiam diferentes caminhos, dando-nos uma história universal sobre destino e decisões. Train Station une culturas e as barreiras linguísticas, lembrando-nos que todos nós vivemos sob as mesmas condições de vida em um mundo cheio de diversidade, opções e consequências.


Sempre inovador, o estúdio Collad Feature está cotado para quebrar seu próprio recorde como o longa com o maior número diretores, coroando o fato de um longa colaborativo poder se acessível e com qualidade. “The Owner” está no Guinness World Records de 2014. O projeto reuniu um grupo de 25 cineastas, foi gravado em 18 países dos 5 continentes, no qual Rafael era o único brasileiro. Train Station ainda não tem previsão de exibição no Brasil, mas já está no circuito de festivais e deve entrar em serviços de video on demand, como o iTunes.

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.