Super Banner

Crítica: Drama em A Lenda do Mestre Chinês

Por Michel Toronaga - micheltoronaga@daiblog.com.br

Baseado num conto milenar, o filme A Lenda do Mestre Chinês, dirigido por Siu-Tung Ching, pode até enganar quem pensa que trata-se de uma história de kung fu ou alguma outra arte marcial. A presença do ator Jet Li no elenco também transmite essa ideia. Mas basta assistir aos primeiros minutos para descobrir que o longa vai além de batalhas.


É uma fábula asiática que fala do amor proibido entre um homem e um demônio no formato de uma cobra branca. Encantada pelo rapaz, ela consegue se transformar em humana e, sem revelar suas origens, vai morar com ele. Mas existem leis que impedem que os seres mágicos se relacionem com os humanos e é isso que vai gerar uma série de conflitos repletos de poderes fantásticos e efeitos especiais.


Na trama, Jet Li vive Abott Fahai, um monge que trabalha livrando o mundo dos demônios que causam destruição. Ele acaba descobrindo a identidade secreta da cobra branca, o que causa problemas para o casal protagonista.


O filme tem cenários extremamente coloridos e artificiais. Chama a atenção pelas imagens bonitas e por inusitados personagens, com um simpático rato falante. No final, o que fica é um drama que chega a ser meloso. Mas surpreende pela riqueza das lendas chinesas.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblog

Veja aqui o trailer do filme A Lenda do Mestre Chinês:


Dirigido por: Siu-Tung Ching. Com: Jet Li, Shengyi Huang, Raymond Lam, Charlene Choi, Zhang Wen, Vivian Hsu, Miriam Yeung Chin Wah, Kar-Ying Law, Suet Lam, Chapman To...
Google+