Super Banner

Crítica: Frank transborda paixão pela música

*Por Michel Toronaga - micheltoronaga@daiblog.com.br

Logo no início de Frank dá para entender como a música é importante na vida de Jon Burroughs (Domhnall Gleeson, o ruivo Bill Weasley de Harry Potter). A trama começa com ele cantarolando mentalmente e buscando inspirações para compor novas canções. Anônimo e apaixonado por melodias, ele tenta investir numa carreira artística enquanto sobrevive num trabalho monótono dentro de um escritório.


Muitos artistas frustrados vão se identificar com o personagem. E podem se empolgar quando sua vida muda após ser convidado para substituir o tecladista de uma banda psicodélica bem diferente, a The Soronprfbs. É lá que ele conhece o vocalista Frank (Michael Fassbender, de 12 Anos de Escravidão). Talentoso e exótico, ele sempre usa uma máscara gigante – não tira nem para tomar banho.


Fascinado pela genialidade de Frank – que faz composições inusitdas e criativas –, Jon decide seguir o sonho de viver de música. Ele larga tudo e integra o grupo, que pretende lançar um disco inédito. A viagem faz com que ele amadureça em todos os sentidos. O longa-metragem dirigido por Lenny Abrahamson é como uma homenagem para todos os que planejam seguir a intuição e viver da arte. O grupo é realmente maluco, com integrantes esquisitos e problemáticos. Entre eles está a agressiva Clara (Maggie Gyllenhaal, de Secretária).


Frank é uma comédia-dramática independente que traz um senso de humor diferente. As situações e personagens provocam risos pela estranheza. Os segmentos finais, entretanto, puxam para o lado triste da história. Enquanto há uma fantasia empolgante sobre uma vida alternativa, a realidade se mostra presente com todas as obrigações e imposições da sociedade.
Cotação do Daiblog: DaiblogDaiblogDaiblog

Veja aqui o trailer do filme Frank:



Frank (EUA, Reino Unido, Irlanda / 2014) Dirigido por Lenny Abrahamson. Com Michael Fassbender, Domhnall Gleeson, Maggie Gyllenhaal, Moira Brooker, Phil Kingston, Scoot McNairy, François Civil, Carla Azar
Google+