Super Hiper Mega Banner

Conheça o trabalho do cineasta Claudio Assis


Nascido em Caruaru (PE), Claudio Assis começou sua militância cultural como ator no Grupo de Teatro de Feira Caruaru. Fundou em 1993, a Parabólica Brasil, responsável pela produção de uma série de curtas-metragens apresentados em festivais nacionais e internacionais. Paralelamente ao seu trabalho como diretor, assume a produção do primeiro longa-metragem após 20 anos sem filmes de Pernambuco, O Baile Perfumado.

Foto: Júnior Aragão/Divulgação
Sua primeira experiência como diretor em filmes é Amarelo Manga. O longa chegou a 130 mil espectadores no circuito nacional, além de ter ganho uma série de prêmios nacionais e internacionais e de ótimas críticas na imprensa. Com Baixio das Bestas, mais uma vez alcançou a excelência técnica e artística reconhecida pelo público e críticos. O filme foi exibido em 26 cidades brasileiras e amplamente divulgado pela imprensa nacional.

Claudio Assis e equipe foram premiados no Festival de Brasília. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Febre do Rato foi seu terceiro longa e fechou uma trilogia que começou com Amarelo Manga (2003), seguido de Baixio das Bestas, de 2006. O quarto longa-metragem de Claudio Assis, Big Jato, é estrelado por Matheus Nachtergaele, Marcélia Cartaxo, Rafael Nicácio, Artur Maia, Vertin Moura e Pally Siqueira, com trilha sonora original de DJ Dolores.

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.