Super Banner

Curta de Lauro Escorel abrirá o Festival de Brasília

A noite de abertura do 49º Festival de Cinema do Cinema Brasileiro será dedicada a um mergulho na formação da identidade imagética brasileira. Além do longa do jovem cineasta Eryk Rocha – Cinema Novo, um ensaio poético sobre o movimento que lançou alguns dos maiores nomes do cinema brasileiro em todos os tempos – o público poderá conferir o curta Improvável Encontro, assinado por Lauro Escorel, todo feito sobre as lendárias fotografias dos mestres José Medeiros e Thomaz Farkas. Os filmes poderão ser vistos em sessão especial para convidados, no dia 20 de setembro, a partir das 20h30, no Cine Brasília.


Improvável Encontro coloca em foco as imagens dos fotógrafos José Medeiros e Thomaz Farkas, dois construtores da moderna fotografia brasileira, contando com depoimentos de vários fotógrafos contemporâneos. Será possível compreender porque Glauber Rocha se referia a Medeiros como “o único que sabia fazer uma luz brasileira” e ainda conhecer um pouco mais sobre a Caravana Farkas, uma divisora de águas em se tratando de registro das manifestações da cultura popular no Brasil.
Google+