Super Hiper Mega Banner

Documentário retrata a homofobia no Congresso

Produzido a partir de uma grande campanha de financiamento coletivo, o documentário em curta-metragem Em Defesa da Família aborda temas polêmicos – homofobia e definição legal de família – a partir do cotidiano simples de Marília e Vanessa. Casadas há 13 anos, elas são mães de Samuel, Felipe e Mateus.


A rotina da família seria banal, não fossem as interferências sonoras que invadem constantemente, e com violência crescente, a vida do casal e das crianças. Os sons vêm do Congresso Nacional: são discursos de parlamentares, proferidos no Plenário e em comissões técnicas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.


“Neste momento, em que a intolerância ganha força política e social, é preciso aprofundar e humanizar o debate que ocorre no Congresso, focando nas pessoas diretamente afetadas por ele”, afirma Daniella Cronemberger, diretora do curta. “O discurso invade a vida dessa família. Ele interfere na harmonia do cotidiano, agride, cria monstros inexistentes. Mas o que o filme diz é: precisamos focar o olhar nas pessoas. As pessoas são mais importantes, o amor é mais importante. E acredito que o amor pode esclarecer mais do que um discurso”, acrescenta.



Finalizado em janeiro de 2016, o filme iniciou carreira nos festivais de cinema com o prêmio de melhor filme ativista no Outview Film Festival, na Grécia. Também foi selecionado para participar do Short Film Corner (Festival de Cannes), do Changing Perspectives (Turquia), do Rio Festival de Gênero & Sexualidade (Rio de Janeiro) e do OutFestPerú, festival de cinema LGBT que ocorre em Lima.

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.