Super Hiper Mega Banner

Crítica: Cadáveres é um filme de terror estranho e incoerente

*Por Leonardo Resende - hashtagcinema@daiblog.com.br

Geralmente a expressão: "não julgue o livro pela capa" pode soar um pouco preguiçosa para quem analisa filmes. Mas alguns títulos não conseguem fazer jus a tal ditado e são proporcionalmente ruins quanto o material de divulgação. Este é o caso de Cadáveres: A Reunião dos Mortos, filme disponível em DVD.



O longa-metragem conta a história de Cameron Matthews (Cris Cunningham), um homem que fugiu da prisão a fim de procurar o corpo desaparecido do seu tio Rusty. Após um tiroteio, Cameron se refugia em uma casa antiga para recuperar-se dos ferimentos. No local, o fugitivo da lei encontra os restos mortais de Bart, antigo proprietário da residência, cuja morte foi ignorada pela família nos últimos quatro anos. Enlouquecendo cada vez mais ao criar um elo afetivo com o defunto, Cameron também descobre suas fraquezas emocionais ao recordar do relacionamento conturbado com o pai.


Não existe problema nenhum na existência de filmes que podem ser classificados como superficiais. Porém, existe uma diferença entre a futilidade declarada e mediocridade nata. O filme dirigido por Jeremy Casper se adequa à última opção. Cadáveres: A Reunião dos Mortos transita na confusão entre um terror trash B e um terror clássico.


Vale reconhecer o esforço de Casper, mas infelizmente ele não é o suficiente para salvar um filme tão estranho ou previsível. Caso sua direção energética fosse canalizada em outro gênero, o cineasta poderia ter um futuro promissor.
Cotação do Cine61Cine61Cine61

Veja aqui o trailer do filme Cadáveres:



Vacant House (EUA, 2016) Dirigido por Jeremy Casper. Com Chris Cunningham, Dee Ann Newkirk, T.J. Maxwell, Richard Miraan, Don Bondi...

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.