Super Hiper Mega Banner

Entrevista com o engraçadíssimo ator Paulo Gustavo

Formado em teatro pela Casa de Artes e Laranjeiras (CAL), foi nos palcos que Paulo Gustavo nos deu o primeiro vislumbre de Dona Hermínia, a exagerada mãe de Niterói. Personagem da peça Surto, de 2004, seu carisma garantiu dois anos depois o próprio espetáculo Minha Mãe É uma Peça, que ficou quatro anos consecutivos em cartaz. O sucesso da comédia e do humorista foi tanto que origem a um filme de mesmo nome em 2013, produção que levou mais de quatro milhões de espectadores ao cinema. Três anos depois, Paulo Gustavo, que já teve outros sucessos pelo caminho, entre eles a peça 220 Volts e o programa de televisão Vai Que Cola, está de volta na pele de Dona Hermínia, mais hilária do que nunca.

Por que você decidiu continuar a história da Dona Hermínia?
O que me motiva a fazer tudo o que eu faço, não apenas a história da Dona Hermínia, é o fã. Eu movimento muito minhas redes sociais e eles estão sempre ali atrás de notícias em dando feedback. E a personagem da Dona Hermínia é muito carismática, ela conversa com vários públicos, da criança ao idoso. Todo mundo gosta dela e amou o primeiro filme e já amava a peça de teatro antes. E foi a procura dos fãs que me motivou a fazer essa continuação.



Como está Dona Hermínia neste novo filme?
Ela está mais divertida, mais bonita, mais elegante. Agora é uma apresentadora muito bem sucedida de televisão, com um programa sobre mães e família.

Mas ainda vemos a mãe exagerada, tão fácil de gerar identificação?
A essência dela continua a mesma, porque ser mais rico, mais pobre ou mais bonito não muda esse lugar de mãe. Ela continua a mesma internamente: preocupada, histriônica, exagerada, completamente apaixonada pelos filhos e, acho, completamente apaixonada pelo Carlos Alberto.

Alguma mudança da personagem veio de você?
Acho que não. Eu não faço muitos paralelos entre a Dona Hermínia e a minha vida porque acho que o filme é totalmente ficcional. Embora no teatro eu tenha me inspirado completamente na minha vida e na minha mãe, a peça também tinha ficção. Não é uma biografia. O mesmo aconteceu com o primeiro filme. E esse segundo é praticamente todo ficcional. Também não acho que essa mudança esteja em mim. O filme é uma coisa e minha vida pessoal é outra. Mas, fisicamente, mudei para viver a personagem novamente. Emagreci seis quilos para fazer o filme. Assim eu fico mais suave, mais delicado para fazer uma personagem feminina. Meu braço e meu rosto ficam mais finos e eu consigo me aproximar mais da aparência de uma mulher, que é mais delicada. Até brinco que estou vivendo uma fase em que estou feio homem e bonito mulher.


Nesse filme o elenco recebe um reforço de peso com a presença de Patricya Travassos, que vive a segunda irmã da Dona Hermínia. Como foi essa participação?
A Patricya Travassos é um presente na minha vida. Ela veio interpretar a Lucia Helena, irmã de Hermínia, que é inspirada realmente na minha tia Lu, uma pessoa muito divertida e espontânea e, ao mesmo tempo, muito certa das coisas. Eu estava curioso e preocupado para saber quem ia interpretá-la, porque queria fazer uma homenagem. Mas acho que a Patricya foi perfeita. Hoje não vejo mais ninguém que poderia fazer esse papel. Sem contar que ela é ótima, está exatamente no tom certo. Ela arrasou e fiquei surpreso. Adoro quando alguém me surpreende e amei contracenar com ela. Agora temos que treinar nossa relação pessoal na amizade.

Você acha que foi mais difícil para ela, que entrou em um elenco já entrosado?
Fora a Patricya, não tem muitos personagens novos. E ela, junto da Hermínia, das crianças, do Carlos Alberto e da lesa, é uma protagonista. E eles todos já estavam no primeiro filme, então acho que para eles foi mais fácil, sim. Quem esteve no primeiro já conhecia o personagem, era só relembrar, mesmo que tenha que amadurecer o personagem um pouco por causa dos anos que passaram. Mas ela tirou de letra.

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.