Super Banner

Jackie, o drama do assassinato de JFK pelos olhos da viúva

*Por Clara Camarano - redacao@cine61.com.br

A história de John Fitzgerald Kennedy, também conhecido como John F. Kennedy, sempre foi nebulosa. Ele foi eleito o segundo mais novo presidente dos Estados Unidos, em 1961, e muito comparado ao jovem Theodore Roosevelt. O Jack, carinhosamente falando, era democrata e foi assassinado brutalmente no dia 22 de novembro de 1963, em Dallas, no Texas. Vítima de tiros certeiros do ex-fuzileiro naval Lee Harvey Oswald.


A história que rendeu e rende até hoje especulações ganhou o diretor chileno Pablo Larraín, que conseguiu transformar o fato pelo olhar de quem sofre e está dentro dele. No caso, pela visão da então primeira-dama e parceira que presenciou o crime, Jacqueline Kennedy. O resultado foi o dramático longa-metragem Jackie, que retrata o olhar da viúva, esquecida e sem rumo após a morte do marido. 


O filme concorre a três Oscar: melhor figurino, melhor trilha sonora e melhor atriz, indiscutivelmente para Natalie Portman, que se entregou à personagem de imensas nuances. A produção é focada totalmente nela. Uma mulher chique, porém simples, revelada como uma pessoa sofrida e que não conseguiu superar a morte do marido enquanto tentou levar a vida pelos seus filhos. E ainda precisava lidar com o assédio de ser a mulher de Kennedy. 


Mérito de Natalie e do filme, que lida exatamente com o trauma e com o esquecimento. Vale aplaudir de pé a atuação e o novo ângulo de Pablo Larraín, que mostra exatamente o lado de quem sofre e acaba sendo ignorado, pela vida e pelo status social. Fúnebre, sem leveza, do início ao fim. Mas fidedigno à crítica e à trama dramática. Conta com diálogos marcantes e um roteiro competente, que desconstrói até um padre católico sem falar de religião. É sim sobre essência e sobrevivência.
Cotação do Cine61: Cine61Cine61Cine61Cine61

Veja aqui o trailer de Jackie:


Jackie (2016, Chile, França, EUA) Dirigido por Pablo Larraín. Com Natalie Portman, Peter Sasgaard, Greta Gerwig, Billy Crudup, John Hurt, Richard E.Grant, Caspar Philipson...
Google+