Super Banner

Caso real de sequestrada e abusada por sete anos vira telefilme

O Lifetime estreia, no dia 15 de março, o sombrio e psicológico drama A Garota na Caixa, baseado na história real de Colleen Stan, uma jovem que foi sequestrada e mantida em cativeiro como escrava sexual por sete anos. A produção original inédita traz no elenco Addison Timlin (Namoro ou Liberdade), Zane Holtz (As Vantagens de Ser Invisível) e Zelda Williams, filha do ator Robin Williams. 


Em 1977, aos 22 anos de idade, Collen Stan (Addison Timlin) está pedindo carona em uma estrada e não pensa duas vezes ao aceitar a oferta de um jovem casal, Cameron (Zane Holtz) e Janice Hooker (Zelda Williams). Mas a vida que ela conhecia é completamente destruída quando o casal a sequestra e a leva para a casa deles, onde Cameron tortura e abusa sexualmente de Colleen. Durante os sete anos seguintes, ela fica aprisionada por até 23 horas por dia, em uma caixa do tamanho de um caixão, escondida debaixo da cama do casal. Quando não está encarcerada, Colleen participa de uma estranha nova vida como escrava, babá e vítima das fantasias sexuais bizarras e extremas de Cameron. 


No dia 18/3, após a reapresentação do filme, às 23h40, o Lifetime exibe o especial inédito Colleen Stan: A Garota na Caixa, dividido em duas partes. O documentário apresenta imagens de reportagens e entrevistas com relatos exclusivos de Colleen Stan e de policiais que trabalharam no caso. A produção leva os telespectadores à jornada de Colleen para uma nova vida.
Google+