Super Hiper Mega Banner

Excelente, Logan traz o mutante como sempre quisemos ver

*Por Reinaldo Torres - Especial para o Cine61

“Mutação, é a chave da nossa evolução.” Essa é a frase que inicia a abertura do filme X-Men, de 2000, quando o personagem Charles Xavier (personagem vivido pelo ator Patrick Stewart) nos insere no conceito de um grupo de super-heróis com dons extraordinários e que tem como missões salvar a humanidade de grandes vilões e também de grandes problemas, como lidar com a questão de preconceito sofrido por conta dos genes diferentes de um simples humano semelhante a questões vividas na realidade por pessoas serem diferentes. Dentre tantos personagens significativos e marcantes, um em especial se destacou durante esses 17 anos de franquia dos mutantes e garantiu o seu próprio espaço no hall da fama.


Wolverine (ou Logan) se mostra como o herói que “é o melhor naquilo que faz” e, nesse sentido, recebe a merecida homenagem neste que é provavelmente o último capítulo de sua saga. Logan, que entra em cartaz esta semana, mostra a evolução que o personagem pode chegar e assim, trazer até o público uma proximidade com a realidade. Seguindo a linha do “politicamente incorreto”, o novo filme do mutante segue o mesmo molde de seu colega e antecessor Deadpool: violência levada ao extremo, mostrando que ninguém brinca em serviço. O humor, entretanto, é deixado de lado e o que se sobressai é um drama intercalado com sangrentas sequências de ação.


Talvez algumas pessoas possam sentir falta de uma quantidade relevante de personagens conhecidos na história, mas, passados 10 minutos da projeção, todos irão esquecer que não se trata de uma equipe lutando para mostrar seus poderes como nos outros títulos da franquia X-Men. De fato, temos bem claro quem é que manda e se torna o dono da bola. Novamente interpretado por Hugh Jackman, o mutante mostra sua faceta mais humana quando se vê responsável por garantir a segurança de uma pequena garota. Uma menina que também possui habilidades especiais.


Wolverine há 17 anos fez parte de uma franquia que apresentou pessoas dotadas de poderes. Em Logan, encontramos um personagem totalmente amargo, solitário, envelhecido e com alguns problemas atribuídos ao seu dom. É o filme que torna o mutante mais próximo do que todo fã esperava. Mais próximo da realidade e com uma trama no estilo road-movie com valores familiares, o longa-metragem é diferente do que se vê na maioria das produções de super-heróis. James Mangold assina a direção e também a história que deu origem ao roteiro. O mesmo cineasta também foi responsável pelo título anterior do personagem, Wolverine: Imortal (2013). 
Cotação do Cine61Cine61Cine61Cine61Cine61Cine61

Veja aqui o trailer do filme Logan:




Logan (2017, EUA) Dirigido por James Mangold. Com Hugh Jackman, Patrick Stewart, Dafne Keen, Boyd Holbrook, Stephen Merchant, Elizabeth Rodríguez, Richard E. Grant...

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.