Super Banner

O Cidadão Ilustre, a maior bilheteria da Argentina em 2016

O longa O Cidadão Ilustre, dirigido por Gastón Duprat e Mariano Cohn, teve sua estreia mundial no último Festival de Veneza, onde Oscar Martínez (Relatos Selvagens e Ninho Vazio) saiu premiado como Melhor Ator. O filme que​ foi o escolhido para representar a Argentina no Oscar 2016 e percorreu os principais Festivais do Mundo, além de recentemente ter levado o Goya de Melhor Filme Ibero Americano​. 


Uma comédia argentina que desafia o espectador, O Cidadão Ilustre apresenta Daniel Mantovani, um escritor argentino que vive na Europa há três décadas e é consagrado mundialmente por ter recebido o Prêmio Nobel de Literatura. Seus livros se caracterizam por retratar a vida em Salas, a pequena cidade da Argentina que nasceu e que não voltou a visitar desde que partiu com planos de ser escritor.   

Um dia, entre as numerosas correspondências que recebidas por Daniel diariamente, ele encontra uma carta das autoridades de Salas lhe convidando para receber a condecoração máxima da cidade: a medalha de cidadão ilustre. Surpreendentemente, e sem pensar em suas importantes obrigações e compromissos, Daniel decide aceitar a proposta e regressa a cidade por alguns dias. 


A viagem trará a Daniel muitas arestas: será o regresso triunfal ao povo que lhe viu nascer, uma viagem ao passado onde reencontrará velhos amigos, amores e paisagens da juventude, mas sobretudo uma viagem ao coração de sua literatura, a fonte de suas criações e inspirações. Uma vez lá, o escritor deve satisfazer as afinidades que o ligam a Salas, e as diferenças intransponíveis que rapidamente o transformam em um estranho e perturbador elemento para a vida das pessoas que lá ficaram.

Google+