Super Hiper Mega Banner

Saiba como foi a abertura do 50º Festival de Brasília

O 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro começou na última sexta-feira (15/09) com uma verdadeira homenagem ao audiovisual verde e amarelo. A cerimônia de abertura foi apresentada por Juliano Cazarré e Dira Paes. Eles fizeram um tributo aos diretores Marcio Curi, Manfredo Caldas e Geraldo Moraes - que faleceram recentemente. Foram exibidos curtas sobre as trajetórias dos cineastas e suas importantes colaborações para o cinema feito na capital. Outro nome que recebeu uma homenagem foi o paulistano Nelson Pereira dos Santos (Rio 40 Graus), que ganhou a medalha Paulo Emílio Salles Gomes. 

Dira Paes e Juliano Cazarré. Fotos: Rômulo Juracy
Um dos momentos mais emocionantes da noite foi a intervenção do ator e diretor Matheus Nachtergaele. Surpreendendo o público, ele começou um monólogo surgindo por entre a plateia. Ao caminhar até o palco, ele relembrou inúmeros nomes da sétima arte brasileira e recitou um poético texto que enalteceu não apenas Brasília, mas todo o festival. Afinal este ano é completado meio século do evento. Destaque para a praça de alimentação ambientada para receber grande público e uma exposição cronológica com cartazes dos filmes vencedores de todas as edições do Festival de Brasília. 

Performance de Nachtergaele foi aplaudida de pé
Entre atores, cineastas e público, gerou burburinho a presença do ator Cauã Reymond. Sorridente e animado, ele deu entrevistas e posou para fotos. Cauã faz parte do elenco do longa-metragem Não Devore Meu Coração!, com direção de Felipe Bragança (A Alegria). O filme foi exibido na abertura e conta a história do amor impossível de um menino brasileiro e uma menina indígena paraguaia, fazendo um paralelo com a sangrenta batalha que marcou a história dos países no passado e uma rivalidade que existe até hoje.

Cauã. Foto: Felipe Costa
A noite também reservou espaço para protestos, com gritos de "Fora Temer" - uma manifestação que provavelmente deve ser repetida durante todo o evento. Uma das novidades deste ano é que o público pode votar no seu filme favorito através de um aplicativo, que contém também toda a programação do festival. Ele está disponível no GooglePlay e AppleStore.

*Por Michel Toronaga - micheltoronaga@cine61.com.br

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.