Super Hiper Mega Banner

Vida homenageia filmes de terror no espaço

A busca por vida em outros planetas, um dos motivos que mais fascina e motiva a humanidade em suas viagens espaciais é o mote do longa-metragem dirigido por Daniel Espinosa (Protegendo o Inimigo). Em Vida, acompanhamos uma equipe de cientistas de vários países que consegue, finalmente, encontrar um exemplar alienígena de Marte. Na verdade é apenas um ser microscópico, uma forma de vida muito simples. Porém eles conseguem promover uma evolução daquele organismo lá mesmo no espaço. E é aí que as coisas ficam feias.



O filme começa com um grande plano-sequência que parece homenagear Gravidade. Mas as semelhanças acabam por aí. Enquanto a obra de Alfonso Cuarón faz refletir sobre a própria existência, em Vida os temas dramáticos não convencem ninguém. O foco mesmo é ação e o suspense, em momentos que lembram Alien - O Oitavo Passageiro. Principalmente quando tudo começa a dar errado e os astronautas se encontram numa nave com uma criatura incontrolável e mortal. Neste ponto, Vida ganha créditos por ter um ritmo muito ágil.


Tudo flui rapidamente, com muitas cenas boas. O maior problema desta velocidade é que os personagens não são bem explorados. É por isso que fica difícil se comover quando alguém morre ou se identificar com alguém ali. No elenco estão Ryan Reynolds (A Proposta), Rebecca Ferguson (A Garota no Trem), Hiroyuki Sanada (Ringu - Espiral) e Jake Gyllenhaal (O Segredo de Brokeback Mountain), um ótimo ator que tem uma carreira que inclui filmes ótimos e outros não muito marcantes. Vida se encontra na segunda categoria.


Quem gosta de terror vai se animar porque existem mortes criativas, sangue e momentos de muita tensão. O que mais incomoda é como os astronautas, provavelmente motivados pelo desespero, tomam atitudes equivocadas a todo momento. E isso se reflete em como o alienígena vai ganhando força a cada momento. Apesar de ter bons momentos, Vida parece ser mais um resumo genérico de outros filmes lançados anteriormente. Poderia ser muito melhor, mas também poderia ser pior. O resultado é um longa que começa bem e depois derrapa a medida que a projeção avança. Destaque para a trilha de Jon Ekstrand - que por sinal lembra (até demais) a de Jóhann Jóhannsson em Sicario.
Cotação do Cine61Cine61Cine61Cine61

*Por Michel Toronaga - micheltoronaga@cine61.com.br

Veja aqui o trailer do filme Vida:



Life (EUA, 2017) Dirigido por Daniel Espinosa. Com Hiroyuki Sanada, Ryan Reynolds, Rebecca Ferguson, Jake Gyllenhaal, Olga Dihovichnaya, Ariyon Bakare, Jesus Del Orden...

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.