Super Hiper Mega Banner

Conheça os convidados do 6º Curta Brasília

O 6º Curta Brasília – Festival Internacional de Curta-Metragem acontece de 14 a 17 de dezembro, no Cine Brasília (EQS 106/107). O evento tem entrada franca e trará vários convidados especiais. É o caso de Ricardo Laganaro, um dos diretores mais inovadores do mercado brasileiro, sócio e “Chief Storytelling Officer” da ARVORE Experiências Imersivas.  Seu talento multifacetado mistura live-action, animação, computação gráfica, escrita e, mais recentemente, realidade virtual. Laganaro começou a criar narrativas imersivas na O2 Filmes, ao dirigir uma experiência em um fulldome para o Museu do Amanhã, no Rio. 

Kleber Mendonça Filho
Kleber Mendonça Filho - Antes do sucesso dos premiados longas-metragens O Som ao Redor (2013) e Aquarius (2016), Kleber Mendonça Filho já chamava a atenção com seus curtas. Diretor, roteirista, jornalista, crítico e programador de cinema, o cineasta pernambucano apresenta em seus filmes de curta duração – todos presentes na mostra em sua homenagem no 6º Curta Brasília –, de maneira bem-humorada ou reflexiva, elementos que vão do comentário social até situações surreais tendo a cidade de Recife, suas vivências e peculiaridades, como pano de fundo.


Steye Hallema - Diretor, compositor e inventor, conhecido por sua habilidade de contar histórias originais com tecnologia de ponta. Ele trabalhou como criador no aclamado grupo de teatro multimídia PIPS: lab e foi o líder criativo no VPRO Medialab. Sempre à frente do tempo, ele dirigiu o primeiro videoclipe de 360° do mundo em 2009. What do we care 4 foi nomeado para o UK Music Video Award em 2015 e fez sucesso entre entusiastas dessa área. Atualmente, Steye trabalha como diretor criativo da Jaunt. Ele gasta seu tempo livre trabalhando com seu laboratório WildVreemd em sua Orquestra de Smartphone.


Ramón Lasaosa - Bacharel em Geografia e História, assessor da Área de Comunicação Audiovisual do Instituto de Estudos Altoaragonese e, desde 2015, patrono da Fundação do Festival Internacional de Cinema de Huesca. Vem realizando vários trabalhos de pesquisa sobre temas relacionados à cultura popular, arte e história da imagem em Alto Aragón há mais de 15 anos. Como resultado desta pesquisa, ele publicou vários livros e artigos, autorais ou em colaboração com outros autores, como o livro Blanco en la Penumbra, uma história do cinema em Huesca.


Laurent Tremeau - Diretor artístico da Associação Héliotrope, responsável pelo Un festival c'est trop court, o festival de cinema de curta-metragem de Nice. O evento, criado em 2000, é realizado ao longo de seis dias em uma dezena de pontos espalhados pela cidade. Também trabalha com consultoria e ministra oficina de roteiros para realizadores iniciantes. É integrante do CNC - Centre National du Cinéma et de l'image Animée (Centro Nacional do Cinema e da Imagem Animada).

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.