Super Hiper Mega Banner

Destaques da filmografia da atriz Chloe Sevigny

Chloe Sevigny retratou uma freira numa cidadezinha da África devastada pela AIDS em “3 Needles”, escrito e dirigido por Thom Fitzgerald, com  Lucy Liu e Stockard Channing. Sevigny interpreta uma das três esposas do mesmo marido na Utah dos dias de hoje na elogiada série da HBO “Big Love”, produzida pela Playtone Entertainment de Tom Hanks e Gary Goetzman, e co-estrelada por Bill Paxton, Jeanne Tripplehorn e Harry Dean Stanton.
  
  
Ela foi vista há pouco em “Sisters”, refilmagem do filme de terror de Brian De Palma, dirigida por Douglas Buck e produzida por Ed Pressman.  “Lying”, que ela estrela juntamente com Jena Malone e Leelee Sobieski, escrito e dirigido por M. Blash, estreou no Festival de Cannes de 2006 na Directors’ Fortnight. 


Sevigny também atuou em: “Flores Partidas”, de Jim Jarmusch, com Bill Murray; “Mrs. Harris”; “Dogville”, ao lado de Nicole Kidman, Jeremy Davies e Paul Bettany; no thriller “Demon Lover,” dirigido por Olivier Assayas, com Connie Nielson e Charles Berling; “O Preço de uma Verdade”, do diretor estreante Billy Ray, com Hayden Christensen, Steve Zahn e Peter Sarsgaard; “Party Monster”, produzido pela Killer Films e dirigido por Fenton Bailey e Randy Barbato, com Macaulay Culkin, Seth Green, Natasha Lyonne, Dylan McDermott e Marilyn Manson; “Meninos Não Choram”, da Killer Films, pelo qual recebeu indicações ao Oscar, ao Globo de Ouro e ao SAG Award, vencendo o Independent Spirit e o Golden Satellite Award, sendo homenageada pela National Society of Film Critics, bem como pelas associações de críticos de Los Angeles, Boston e Chicago;
    

Entre seus papéis também estão “O Mapa do Mundo”, com Sigourney Weaver e Julianne Moore; “Psicopata Americano”, baseado no controvertido romance de Bret Easton Ellis, ao lado de Christian Bale; “Julien: Donkey Boy”, projeto de improvisação produzido segundo as regras do Dogma 95; “Ponto de Encontro”, do diretor Steve Buscemi; “Gummo”, em que ela também criou o figurino; “Os Últimos Embalos da Disco”, dirigido por Whit Stillman; e “Kids”, o aclamado e polêmicofilme de Larry Clark, em que ela fez sua estréia no cinema.

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.