Super Hiper Mega Banner

Flor do Moinho abre o 2º Festival de Cinema do Paranoá

O documentário Flor do Moinho abrirá 2º Festival de Cinema do Paranoá. O filme dá protagonismo a Dona Flor (Florentina Pereira dos Santos), raizeira e parteira que vive no Povoado do Moinho, próximo a Alto Paraíso, na Chapada dos Veadeiros, Goiás. É constituído de entrevistas com a personagem, seus familiares e moradores da comunidade, e de imagens do local, situado em um vale maravilhoso com sua natureza quase intocada. Dona Flor exemplifica a mulher sábia do interior do Brasil, matriz e fonte de uma riqueza sociocultural que não se pode perder, cuja experiência no manuseio das plantas e na execução de partos tornaram-na uma referência no Brasil central.



Florentina Pereira dos Santos ou simplesmente Dona Flor. Ela teve 18 filhos e adotou outros 28. Realizou o parto de 310 crianças. Além de parteira e raizeira, já foi também garimpeira, tropeira, quitandeira, tecelã e agente de saúde. Essa história é contada no documentário Flor do Moinho. O filme foi idealizado e realizado por duas moradoras de Brasília. A ideia de levar para os cinemas a história de Dona Flor surgiu em 2010, após a diretora do filme, Érika Bauer, e a produtora Flor do Santos conhecerem Dona Flor no Povoado do Moinho, próximo a Alto Paraíso, na Chapada dos Veadeiros, em Goiás. 


Diante das dificuldades para encontrar um meio de bancar a produção, que contou com trabalho voluntário de vários profissionais, procuraram editais para executar o projeto e buscaram orientações e apoios de amigos. Cogitaram até mesmo levar para as TVs. Em março de 2015, lançaram uma campanha de financiamento coletivo na plataforma Catarse com a pretensão de arrecadar R$ 50 mil.



Admiradores, gente que se encantou com a história, amigos da produção, mães que tiveram os partos realizados por Dona Flor e os filhos dessas mulheres surgiram de todas as partes do país e do exterior e logo depois do primeiro mês a meta foi alcançada. A campanha terminou com R$ 85.165,00, ou seja, 70% a mais do que a expectativa inicial.

Serviço
2º Festival de Cinema do Paranoá 
De 23 a 29 de abril (segunda a domingo)
Local: Centro de Desenvolvimento e Cultura do Paranoá  - CEDEP (Q. 9 Conjunto D)
Exibição dos filmes: De 26 a 29 de abril, a partir das 15h. As atividades paralelas acontecem na semana, durante o dia. Confira horário, programação completa e classificação indicativa em: www.grupooitavaarte.com.br

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.