Super Hiper Mega Banner

O absurdo para fazer rir é a aposta de A Noite do Jogo

Parece que os filmes de comédia estão ganhando outra roupagem. A receita mais recente é misturar humor, suspense e ação. A fórmula, que dá um novo respiro ao gênero, é a aposta do longa A Noite do Jogo. Com direção de John Francis Daley e Jonathan Goldstein (Quero Matar Meu Chefe), o título traz como protagonistas o casal Max (Jason Bateman) e Annie (Rachel McAdams). O par romântico, competitivo por natureza, faz parte de um grupo de amigos que organiza noites de jogos. Com a chegada do irmão de Max, Brooks (Kyle Chandle) planeja um jogo de mistério, onde o que é verdade ou mentira confunde os “jogadores”.


Como os personagens não sabem se estão participando de um jogo ou vivenciando a realidade, o filme cria situações caóticas que, de tão absurdas, são extremamente engraçadas. As cenas da retirada da bala e do cachorro sujo de sangue são exemplos disso e os pontos altos da trama. A dualidade do real e a fantasia são elementos que a atriz Rachel McAdams (Spotlight – Segredos Revelados) se apropria e entrega uma ótima Annie. Ela é centrada no início do filme, mas cada vez mais insana ao decorrer da trama.


Também excelente em cena é Jesse Plemons. O ator vive Garry, um policial recém-separado, misterioso e imprevisível. Quem viu Jesse Plemons na segunda temporada da ótima Fargo, não vai se decepcionar com o ator em A Noite do Jogo. O filme, em alguns momentos, lembra exatamente Fargo, com situações absurdas e inesperadas surgindo cada vez mais ao longo da trama. O ponto fraco é o embate entre o popular e o loser, representados na figura de Brooks e o irmão Max, respectivamente. A Noite do Jogo entrega alguns personagens tão bons e um conflito clichê e fraco.


A ação também se faz presente, com algumas cenas de perseguições e tiroteios. O filme se apropria do elemento que foi muito usado nos filmes de terror: quando um grupo de amigos precisa se unir para confrontar uma ameaça. O suspense fica por conta de alguns sustos esporádicos e no personagem Garry, o policial. O longa brinca com a cultura pop, citando filmes clássicos e trazendo referências nerds. Todos esses componentes fazem A Noite do Jogo um filme divertido, mas não para toda a família.
Cotação do Cine61: Cine61Cine61Cine61Cine61

*Por Vinícius Remer - Especial para o Cine61 contato@cine61.com.br

Veja aqui o trailer do filme A Noite do Jogo:



Game Night (EUA, 2018) Dirigido por John Francis Daley e Jonathan Goldstein. Com Jason Bateman, Rachel McAdams, Kyle Chandler, Sharon Horgan, Billy Magnussen, Lamorne Morris, Kylie Bunbury, Jesse Plemons, Michael C. Hall, Danny Huston...

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.