Super Hiper Mega Banner

Veja os trailers dos longas em competição no Cine Jardim

Veja a seguir os trailers dos longas-metragens que participam da mostra competitiva do  4º Cine Jardim – Festival Latino-Americano de Cinema de Belo Jardim, em Pernambuco. Os filmes, que vão do drama ao documentário, apresentam um amplo panorama da produção cinematográfica nacional. A cobertura do evento você acompanha no Cine61 - Cinema Fora do Comum.

AÇÚCAR
DIREÇÃO: RENATA BELO PINHEIRO E SÉRGIO OLIVEIRA
FICÇÃO / 90′ / 2017 / PE
SINOPSE: Bethania retorna às suas terras onde uma vez funcionou um antigo engenho de açúcar da sua família, o Engenho Wanderley. Entre lembranças, criaturas fantásticas, contas a pagar e trabalhadores reivindicando seus direitos, Bethania enfrenta a si mesma em um presente onde  passado e  futuro são ambos ameaçadores.



MODO DE PRODUÇÃO
DIREÇÃO: DÉA FERRAZ
DOC / 75′ / 2017 / PE
SINOPSE: “Modo de Produção” faz do Sindicato de Trabalhadores Rurais de Ipojuca seu personagem central. Um lugar por onde passa, diariamente, uma massa de trabalhadores rurais, com suas vidas talhadas pela cana. Aposentadorias, demissões, relações de trabalho e um suposto desenvolvimento econômico-social que se avizinha como uma miragem distante ou, quem sabe, fantasma: o Porto de Suape. Em 2017 o filme faz refletir possibilidades de um olhar sobre Capital, Estado, Justiça, Sindicato e uma massa de trabalhadores à mercê de mecanismos burocráticos que transformam a vida em espera.
 

BANDEIRA DE RETALHOS
DIREÇÃO: SÉRGIO RICARDO
FICÇÃO / 90′ / 2018 / RJ
SINOPSE: No fim dos anos 70 os políticos corruptos do Rio tentaram remover os moradores do Morro do Vidigal. Pela primeira vez na história os moradores se uniram e impediram a remoção. Baseado em fatos reais.

O Cine61 não encontrou o trailer do filme Bandeira de Retalhos, mas é possível ver vídeos de trechos do making off do longa-metragem no Facebook oficial do filme.

KINOPOÉTICAS INARMÓNICAS
DIREÇÃO: PEDRO DANTAS
DOC / 60′ / 2016 / SP
SINOPSE: Uma experiência de antropofagia documental pelas terras de um continente em transe. O diretor desenvolve ensaios audiovisuais poéticos que, de forma paralela à sua pesquisa jornalística, ilustram e refletem sobre episódios históricos de países sul americanos.



A NOITE ESCURA DA ALMA
DIREÇÃO: HENRIQUE DANTAS
DOC / 93′ / 2016 / BA
SINOPSE: A Noite Escura da Alma é um filme experimental, que aborda o período da ditadura civil e militar ocorrida no estado da Bahia e usa da linguagem do documentário e da performance na construção da história. É um filme escuro, onde a grande maioria das entrevistas foi realizada em noturnas no Forte do Barbalho, maior centro de tortura do estado.  Nomes como Juca Ferreira, Lúcia Murat, Emiliano José, Theodomiro dos Santos, Renato da Silveira, entre outros, nos ajudam a contar esta necessária história.

 

*Por Redação - contato@cine61.com.br

O jornalista viajou a convite da organização do Cine Jardim

Nenhum comentário

Todos os comentários do Cine61 são moderados por nossa equipe. Mensagens ofensivas não serão aprovadas. Obrigado pela visita!

Tecnologia do Blogger.